NACIONAL -

NACIONAL - -

2020 generoso em pontes e fins-de-semana prolongados

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Em 2020, quem trabalha pode contar com quatro pontes (incluindo a do Carnaval) e três fins-de-semana prolongados.

Mas também há más notícias. Em 2020, em Junho, os Santos Populares, à excepção de S. Pedro, não fazem milagres no que toca a fins-de-semana prolongados. Para quem trabalha em Braga, Terras de Bouro, Vila Verde, Amares, Vila de Conde,Porto ou em Lisboa, o calendário não ajuda: o dia de S. João calha a uma quarta-feira e o de Santo António é a um sábado.

À atenção da Póvoa de Varzim: o São Pedro cai numa segunda-feira, logo há um fim-de-semana prolongado para quem aí reside.

PUBLICIDADE

Em Março, Julho e Setembro não há feriados.

Em Fevereiro, um único feriado, o de Carnaval, dia 25. Já em Abril três feriados: Sexta-feira Santa (10) e o domingo de Páscoa (12) e 25 de Abril.

O 1.º de Maio, Dia do Trabalhador, calha numa sexta-feira, o que permite mais um fim-de-semana prolongado. Em Junho, além dos Santos Populares, caiem os feriados do Dia de Portugal (10) e do Corpo de Deus (11).

Agosto é interrompido no dia 15 pelo feriado da Assunção de Nossa Senhora, e Outubro proporciona mais um fim-de-semana prolongado graças ao dia da Implantação da República, que a calha numa segunda-feira.

Em Novembro, celebra-se a 1, o Dia de Todos os Santos.

Dezembro é o mês mais generoso para escapadelas. Arranca logo com duas pontes: o dia 1 (Restauração da Independência) e o dia 8 (Imaculada Conceição) caem a uma terça-feira. Fazendo contas, com um dia de férias apenas, é possível gozar uma pausa de quatro dias em qualquer uma dessas semanas.

Duas semanas depois, o dia de Natal é uma sexta-feira – um dos fins de semana prolongados, a ajudar quem passa as festas na terra de origem ou quer prolongar as celebrações natalícias mais dois dias.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS