VILA VERDE

VILA VERDE -

26 escolas distinguidas com a bandeira “Escola + Verde”

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Município de Vila Verde entregou, esta quinta-feira, os galardões e diplomas que premeiam os estabelecimentos escolares do concelho pelos trabalhos desenvolvidos ao longo do ano lectivo para a defesa e promoção do ambiente.

Desta feita, vinte e seis escolas e jardins de infância receberam a bandeira de “Escola + Verde”, e Júlia Fernandes, presidente da Câmara Municipal de Vila Verde assegurou que «nas escolhas do nosso concelho, está a ser feito um trabalho para um futuro melhor».

A edil vilaverdense enalteceu os resultados de experiências e projectos ambientais que envolveram alunos e comunidades educativas, realçando a importância da missão que as novas gerações devem assumir no seio das comunidades para a adopção de comportamentos de preservação da natureza.

PUBLICIDADE

«Com pequenos actos e hábitos diários, cada um de nós é chamado a contribuir para o grande desafio que toda a humanidade tem pela frente: a defesa do único planeta que temos e onde podemos viver», sustentou Júlia Fernandes.

A presidente da Câmara assumiu ainda que «a sensibilização das crianças e dos alunos para a importância de proteger o ambiente e assumir hábitos diários é absolutamente estratégico para o desenvolvimento sustentável», e que este culminará numa «melhoria contínua da qualidade de vida das populações».

ESCOLAS PREMIADAS

As bandeiras “Escola + Verde” foram entregues às escolas básicas de Freiriz, Lage, Moure e Ribeira do Neiva, Nº 2 Vila Verde, Nº1 de Prado, Oriz S. Miguel, Parada Gatim, Ribeira do Neiva e Turiz, às EB/JI Cervães e EB/JI Sande, e aos jardins de infância de Devesa-Duas Igrejas, Gême, Lanhas e Oleiros.

Pelo bom desempenho ambiental, foram igualmente premiadas as EB de Atães, Barbudo, Lanhas, Monsenhor Elísio de Araújo e Soutelo, a EB/JI de Esqueiros e os JI de Atães, Loureira, Marrancos, Pedregais e Sabariz.

No âmbito deste programa foram ainda distinguidos os estabelecimentos escolares com maior Poupança Energética (JI de Cervães), Poupança de Água (JI de Sabariz) e quantidade de “tampinhas” recolhidas (EB de Lanhas).

Além dos 26 estabelecimentos distinguidos com galardão, foram também reconhecidos os trabalhos desenvolvidos pelas escolas básicas de Aboim da Nóbrega, Cabanelas, Gême e Oleiros, e pelos jardins de infância de Arcozelo, Carreiras S. Tiago, Moure e Parada de Gatim.

Temas como os resíduos, a água, a energia, os transportes, a alimentação saudável, os espaços exteriores e a biodiversidade foram algumas das áreas temáticas em que os alunos e as comunidades escolares desenvolveram práticas ecológicas.

 

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.