VILA VERDE - «A celebração desta data é sempre um renovado reconhecimento da História e dos feitos dos antepassados»

VILA VERDE -
«A celebração desta data é sempre um renovado reconhecimento da História e dos feitos dos antepassados»

O Salão Nobre dos Paços do Concelho acolheu esta noite a sessão solene comemorativa do 163º aniversário do concelho de Vila Verde. Durante a sessão, o presidente da Câmara Municipal, António Vilela, destacou a celebração desta data como «um renovado reconhecimento da História e dos feitos dos antepassados», não esquecendo «o trabalho imenso e inestimável realizado pelos diferentes actores do desenvolvimento local».

António Vilela afirmou ainda que «o passado é um manancial sem fim de êxitos individuais e colectivos e de dedicação a causas, de criatividade e inovação na construção de respostas para os problemas, na forma como os vilaverdenses de todas as gerações enfrentaram os desafios e souberam aproveitar as oportunidades que se lhes depararam».

«A evocação deste dia é também e principalmente a assunção do mesmo como um exemplo e uma inspiração para querermos sempre fazer mais e melhor, procurando ir ainda mais além», acrescentou o autarca.

PUBLICIDADE

Para concluir, o presidente da Câmara Municipal de Vila Verde deixou um «reconhecimento» às associações, instituições, autarcas, empresas e aos vilaverdenses pelo seu «labor, entrega, dedicação apaixonada a causas e a objectivos que, de diferentes formas, ajudaram e continuam a ajudar a projectar a imagem de um concelho solidário, coeso e dinâmico que não se cansa de buscar o crescimento, a modernidade e a prosperidade».

Já o Presidente da Assembleia Municipal de Vila Verde, Carlos Arantes, que esteve ausente das comemorações por questões profissionais, deixou o seu testemunho nas mãos de Martinha Soares, 1ª Secretária da Assembleia Municipal de Vila Verde, que na leitura do discurso referiu que «a Política deve orientar-se pela capacidade de afirmação de ideias, argumentos e apresentação de propostas concretas, até porque foi a população que delegou nos eleitos o poder de trabalharem na procura das melhores escolhas e soluções para o Município. Esforcemo-nos para unir vontades e continuar a história de Vila Verde».

A sessão teve início com um concerto para assinalar o 163º aniversário do Concelho, onde actuaram os alunos da Academia de Música de Vila Verde, da Escola de Música da Vila de Prado e do Grupo Coral Sinfónico.

Antes do final da sessão, destaque ainda para o momento protagonizado pelo Grupo Folclórico de Vila Verde, igualmente de aniversário pelos seus 60 anos de existência, que através de uma encenação e entoar de cantares antigos mostrou e contou histórias de práticas ancestrais, trazendo à memória as muitas tradições do Concelho.