EDIÇÃO IMPRESSA -

EDIÇÃO IMPRESSA - -

Agricultores de “pé atrás” em relação ao novo regadio Sabariz-Cabanelas / Plano de Regadios do Governo prevê investir mais de 455 milhões de euros

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Um novo regadio irá servir os agricultores desde Cabanelas até Soutelo. O projecto está aprovado pelo Governo em concurso público e deverá ser uma realidade dentro de dois anos. Apesar de manter a sua denominação original, “Sabariz-Cabanelas”, a nova infra-estrutura irá servir uma área de 345 hectares das Freguesias de Cabanelas, Prado e Soutelo. No entanto, o investimento de 8,7 milhões de euros é visto com alguma desconfiança pelos agricultores, uma vez que «a decisão das culturas a plantar ficará, como é lógico, a cargo dos agricultores e estes podem optar por culturas que usem muito pouca água», de acordo com uma visita ao local com a reportagem do jornal “O Vilaverdense”. Um elefante branco em perspectiva?

Mais desenvolvimentos na edição impressa deste mês

 

PUBLICIDADE

«Preservar o ambiente e assegurar a perenidade dos recursos naturais numa óptica de desenvolvimento sustentável» são os princípios basilares e orientadores da estratégia delineada pela Direcção-Geral da Agricultura e Desenvolvimento Rural para o regadio público para o período 2014-2020.

Mais desenvolvimentos na edição impressa deste mês

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS