REGIÃO

REGIÃO -

Aprovada parceria para inclusão social de 118 mil euros em Ponte de Lima

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Câmara de Ponte de Lima, em parceria com as associações Cais do Lethes e Arcavoadora (Projecto Débora), viram aprovado o financiamento através do Fundo Social Europeu para a implementação do projecto “Abordagens Integradas para a Inclusão Activa – Ponte de Lima”, no valor de 118 mil euros.

O projecto insere-se no âmbito do Programa Operacional da Região Norte – NORTE 2020, Prioridade de Investimento: inclusão activa, incluindo com vista à promoção da igualdade de oportunidades e da participação activa e a melhoria da empregabilidade.

PUBLICIDADE

Em nota à imprensa, a autarquia afirma que a operação, financiada a uma taxa de 85%, “constitui uma abordagem integrada para a inclusão social incentivando à participação e ao empreendedorismo, proporcionando novas experiências pedagógicas, artísticas e desportivas no apoio à população das comunidades desfavorecidas”.

O projecto concretiza soluções inovadoras que respondem a necessidade sociais não satisfeitas, privilegiando-se as parcerias, as sinergias, o conhecimento, a proximidade e as vontades existentes.

“A parceria criada permite uma intervenção focalizada, dinâmica e proactiva em zonas habitacionais mais desfavorecidos do concelho. Pela primeira vez irá ser criado um espaço físico para o desenvolvimento das actividades propostas pelos três parceiros, colmatando uma necessidade há muito existente na resposta aos problemas detectados nestas comunidades ao nível da inclusão social e promoção da qualidade de vida”, acrescente a nota.

Pretende-se com as actividades que ali se irão desenvolver “apoiar a população local na resolução dos seus problemas, combater o isolamento social, promover espaços de partilha de saberes, experiências e culturas, diminuir a info-exclusão, aumentar a auto-estima da população e promover o seu desenvolvimento integral”.

O projecto integra ainda outras actividades de carácter mais transversal, de impacto em todo o concelho, que tem como objectivo principal a ‘Promoção da parentalidade consciente, da prevenção e combate à violência doméstica, da cidadania e da não discriminação”.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS