BRAGA –  Arlindo Fagundes apresenta esta sexta-feira na 100.ª Página mais uma aventura de Pitanga

BRAGA –
Arlindo Fagundes apresenta esta sexta-feira na 100.ª Página mais uma aventura de Pitanga

Arlindo Fagundes apresenta esta sexta-feira, pelas 18h30, na livraria 100.ª Página, em Braga, ‘O Colega de Sevilha’, mais uma aventura em banda desenhada de Pitanga, editada pela Arcádia.

Fagundes, ilustrador, autor de banda-desenhada, ceramista e escultor (é dele o busto de António Variações existente em Fiscal, Amares) regressa à BD dezasseis anos depois, com o álbum ‘O Colega de Sevilha’ que conta com a colorização de José Pedro Costa. A apresentação da obra está a cargo de João Delgado e da editora Maria José Pereira.

PUBLICIDADE

A acção passa-se entre Tânger e o sul de Espanha, com Pitanga a ver-se envolvido no transporte e tráfego de mão de obra clandestina para a Europa.

‘O Colega de Sevilha’ é o terceiro álbum das aventuras de Pitanga (depois de ‘La Chavalita’ e de ‘A Rapariga do Poço da Morte’) e o primeiro a ser editado a cores (com a assinatura de José Pedro Costa).

Pitanga, que usa um quase interminável cachecol com bolas pretas, vive com Armando, o seu braço direito que, embora cego, vê muita coisa em que outros não reparam, sendo um pouco destravado a falar. Esta banda desenhada evidencia um estilo e consistência narrativa muito originais, com predominância de um humor muito pessoal, aliado ao seu habitual e vigoroso traço negro.

Embora reduzido em relação ao conjunto da sua obra, o seu trabalho na banda desenhada corresponde a um estilo único, testemunho das vivências de gente comum, em cenários de localização algo incerta, na região Norte e na vizinha Galiza, com ‘La Chavalita’ (1985), o seu título inaugural, um testemunho livre do submundo destas regiões transfronteiriças.

Em ’La Chavalita’ surge António Variações que, como Pitanga, também exerceu a profissão de barbeiro.