REGIÃO

REGIÃO -

“ArTec Open”. A aula aberta das Artes e Tecnologia está de regresso

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O 5.º “ArTec Open” – Aula Aberta do Curso Técnico Superior Profissional (CTeSP) Artes e Tecnologia (Luz, Som e Imagem) da Escola Superior de Educação (ESE) do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) realiza-se no próximo dia 8 de Abril, a partir das 21h30, no pavilhão da escola. «Chegar aos futuros alunos do curso, bem como às empresas da área» são os objectivos desta aula aberta.

Este evento consiste na realização de um espetáculo em que toda a produção técnica está a cargo dos alunos dos dois anos do curso e no qual colocarão em prática todos os conhecimentos adquiridos nas várias unidades curriculares. «São 16 alunos que vão mostrar ao púbico em geral aquilo que fazem em contexto de sala de aula», explica o professor Pedro Alves.

O espectáculo é de entrada livre, sujeito à lotação do espaço, e será também transmitido em directo nas redes sociais da ESE-IPVC.

PUBLICIDADE

A edição deste ano do “ArTec Open” conta com as bandas convidadas “The Outliners”, “Wave Flow” e “Bruno Pinho e os Três Reis Magros”. Ao longo do espectáculo, os alunos, com a colaboração dos professores, vão também explicar a parte técnica. 

«Os presentes vão ficar a saber como é que é trabalhado o som, a luz e a imagem de um espectáculo deste género, percebendo como é feita a montagem dos equipamentos e toda a sua operacionalização, nomeadamente os microfones e a mesa de mistura, bem como o controle, projeção e movimento da luz e ainda a vertente da fotografia e do vídeo», pode ler-se em nota enviada.

Com o feedback «muito positivo» das edições anteriores, apesar do ano passado ter decorrido à porta fechada por causa da pandemia, o objectivo desta aula aberta é «chegar aos futuros alunos do curso», mas também às empresas da área.

«As empresas ligadas à área cultural só agora recomeçam a actividade e há falta de recursos humanos, porque as pessoas tiveram que procurar alternativas de emprego», justifica o professor, assegurando que neste momento três alunos do 2.º ano do CTeSP «já têm propostas para ficar nas empresas quando terminarem os estágios». Por isso, Pedro Alves espera que esta aula aberta sirva para «cativar novos alunos para uma área que está a precisar de recursos humanos especializados e ao mesmo tempo chamar empresas do ramo para recrutar os alunos do IPVC».

CURSO

O curso prepara profissionais para o exercício da profissão de técnico de luz, som e imagem aptos a montar, programar e operar equipamentos de luz, som e imagem; a criar e tratar sons e imagens e a produzir efeitos de luz para incorporar em eventos artísticos, colaborando com agentes de instituições culturais diversas. Trata-se de um curso com saídas profissionais para empresas nas áreas da produção de luz, som e imagem, teatros municipais e outros equipamentos culturais e associações de promoção e dinamização cultural.

O curso dispensa exames nacionais para ingresso no Ensino Superior, permite a obtenção de um Diploma de Técnico Superior Profissional; integra estágio garantido em contexto real de trabalho; tem uma elevada empregabilidade e a possibilidade de prosseguimento de estudos para Licenciaturas (com equivalências/creditações).

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.