REGIÃO –

REGIÃO – -

Barcelos rejeita por unanimidade transferência de competências em 2019

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O município de Barcelos decidiu, por unanimidade, rejeitar a transferência de competências da administração central em 2019, por ainda não serem conhecidos respectivos os valores financeiros.

A rejeição foi aprovada, por unanimidade, pela Assembleia Municipal, depois de uma posição idêntica por parte do executivo.

PUBLICIDADE

Para a rejeição, a Câmara de Barcelos, de maioria PS, invocou a complexidade do processo e as suas implicações financeiras, humanas e organizacionais.

Apontou ainda o nulo ou reduzido conhecimento em relação às matérias a transferir.

Recorde-se que Governo aprovou 21 diplomas sectoriais no âmbito da lei-quadro da transferência de competências para autarquias e entidades intermunicipais – num processo gradual de descentralização entre 2019 e 2021 -, faltando ainda aprovar o decreto de novas atribuições das freguesias.

Os primeiros 11 diplomas sectoriais já publicados abrangem a transferência de competências, para as autarquias, nas praias, jogos de fortuna ou azar, vias de comunicação, atendimento ao cidadão, habitação, património, estacionamento público, bombeiros voluntários e justiça, e para as entidades intermunicipais, na promoção turística e fundos europeus e captação de investimento.

As entidades intermunicipais podem ainda assumir novas atribuições no apoio a bombeiros voluntários e justiça, enquanto as freguesias também podem receber responsabilidades no atendimento ao cidadão.

O Presidente da República promulgou, entretanto, outros quatro decretos, nos domínios da proteção e saúde animal e segurança dos alimentos, educação, saúde e cultura, que aguardam publicação oficial.

As autarquias e entidades intermunicipais que não quiserem assumir em 2019 as competências dos decretos sectoriais publicados terão de o comunicar à Dirceção-Geral das Autarquias Locais (DGAL), entre 31 de Janeiro e 2 de Fevereiro -consoante a data da publicação –, após decisão dos respectivos órgãos deliberativos.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.