REGIÃO

REGIÃO -

BE quer apuradas responsabilidades com “urgência” das descargas num ribeiro em Ponte de Lima

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Bloco de Esquerda (BE) questionou esta terça-feira o Ministério do Ambiente sobre alegadas descargas no ribeiro de Crasto, freguesia de Serdedelo, em Ponte de Lima, defendendo a “urgência” de “apurar responsabilidades e actuar nos termos da lei”.

Numa pergunta dirigida ao ministro Matos Fernandes, a que a agência Lusa teve acesso, os deputados José Maria Cardoso, eleito pelo circulo de Braga, Nelson Peralta e Maria Manuel Rola explicam ter sido informados pela associação MOLIMA – Movimento para a Defesa do Rio Lima de que o ribeiro de Serdedelo (ou ribeiro de Crasto como também é denominado pela população local) foi alvo de descargas poluentes nos dias 15 e 16.

Segundo o partido, naqueles dias, as águas do ribeiro, que atravessam várias freguesias do concelho de Ponte de Lima “emanavam um cheiro nauseabundo” e “apresentavam coloração turva e clara, denotando a existência de diferentes focos poluidores”.

PUBLICIDADE

“A poluição do ribeiro de Serdedelo põe em causa a integridade ecológica, a fauna, a flora e os valores ambientais daquele sistema ribeirinho, impedindo também a população local de usufruir plenamente do património natural da sua freguesia”, sustentam.

Os bloquistas defendem ser “necessário eliminar, definitivamente, os focos poluidores do ribeiro de Serdedelo, proceder à sua despoluição, recuperar plenamente os valores ambientais ali existentes e permitir a plena fruição de um ambiente aprazível, saudável e limpo à população local”.

Os deputados querem saber se o Governo tem conhecimento destas descargas, e se o Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR, a Inspecção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território (IGAMAOT), a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), ou outras entidades competentes foram notificadas da sua ocorrência e quais os resultados.

Questionam, ainda, o Governo sobre as medidas que prevê adoptar para evitar que se repitam as descargas poluentes no ribeiro de Serdedelo.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.