REGIÃO

REGIÃO -

Bloco quer reforço dos apoios à Associação de Deficientes Visuais do Distrito de Braga

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A deputada do Bloco de Esquerda (BE) eleita pelo círculo de Braga, Alexandra Vieira, visitou a Associação de Apoio aos Deficientes Visuais do Distrito de Braga, na Póvoa de Lanhoso, com o objectivo de conhecer o trabalho desenvolvido por aquela instituição.


No final do encontro, a deputada salientou a necessidade da Segurança Social reforçar os apoios, de forma a dotar a associação de recursos humanos e financeiros necessários à actividade, nomeadamente, incluir no protocolo uma funcionária administrativa, além do monitor e motorista, uma vez que “a continuidade do trabalho meritório com os associados só é possível com funcionários que assegurem as várias tarefas necessárias”.

A visita permitiu também conhecer o Centro de Apoio à Vida Independente (CAVI), que dispõe de uma equipa multidisciplinar, composta por uma psicóloga, uma educadora, uma animadora e um técnico de reabilitação, que articula o apoio de 15 assistentes pessoais a cerca de 47 pessoas. Segundo Alexandra Vieira, o balanço “é muito positivo”, no entanto “é necessário um aumento das horas de apoio, visto que 420 horas mensais de assistência a distribuir por todos os utentes dá um número muito reduzido de horas por pessoa”.

PUBLICIDADE

A deputada bloquista referiu ainda a urgência na diminuição dos tempos de espera para as juntas médicas com vista à emissão do atestado multiusos e afirmou que “o Bloco de Esquerda continuará a insistir na redução da idade da reforma para os 55 anos , desde de que com 20 anos de descontos para a Segurança Social e com 15 anos de incapacidade igual ou superior a 60%”.

A Associação de Apoio aos Deficientes Visuais do Distrito de Braga foi fundada por 1996 por Domingos Pereira da Silva, que é actualmente presidente da direcção, e tem como missão apoiar os deficientes visuais e suas famílias, fomentando a sua reabilitação emocional, capacitação, autonomia e sociabilização e promovendo uma melhor qualidade de vida.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS