DOCUMENTO ENVIADO AO MINISTRO DA SAÚDE -

DOCUMENTO ENVIADO AO MINISTRO DA SAÚDE - -

Bloquistas consideram “inaceitável” sete meses de espera por consultas de otorrino no Hospital de Braga

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Bloco de Esquerda (BE) considera “inaceitável” os “atrasos e adiamentos” que se registam nas consultas no serviço de otorrinolaringologia do Hospital de Braga,  pelo que questionou o Governo sobre que medidas pretende tomar para garantir o atendimento atempado aos utentes daquela unidade.

Numa pergunta dirigida ao ministério da Saúde, os deputados bloquistas Pedro Soares (eleito pelo círculo de Braga), Moisés Ferreira e Jorge Falcato partem dos números que constam do site do hospital -uma PPP  (Parceria Publico Privada) gerida pelo grupo Mello Saúde- e de denúncias dos utentes.

PUBLICIDADE

Naquele site, avança o BE, é referido que no dia 30 de Novembro do ano passado havia 3.516 pessoas a aguardar atendimento de otorrinolaringologia no Hospital de Braga, sendo o tempo de espera de 216 dias, ou seja, mais de sete meses.

O BE acrescenta que aquele “número avassalador” aumenta considerando  os “59 doentes prioritários e 225 que aguardam atribuição de prioridade”.

“No que concerne a pessoas aguardando cirurgia de otorrinolaringologia, o cenário não é mais animador: a 30 de Novembro de 2017, estavam 1462 pessoas a aguardar cirurgia, às quais acrescem 18 prioritárias e 4 doentes oncológicos, que teriam que aguardar respectivamente, 35 e 22 dias”, referem.

No documento enviado a Adalberto Campos Fernandes, os bloquistas, baseando nos números do próprio hospital, denunciam que “já em Novembro de 2017 o Hospital de Braga se encontrava em incumprimento face ao tempo máximo de resposta previsto na legislação que estabelece em 150 dias o tempo máximo de resposta para consulta”.

“Não se compreende nem se pode aceitar esta situação. O Hospital de Braga tem obrigação de prestação de cuidados aos utentes. Não é aceitável que os utentes estejam meses a guardar a marcação de consultas que são sucessivamente adiadas”, salientam os bloquistas.

FG (CP 1200)

 

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.