VILA VERDE

VILA VERDE -

Boletim Cultural homenageia Álvaro Machado Vilela

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Comemoram-se esta sexta-feira, dia 20 de Agosto, 150 anos desde o nascimento de Álvaro Machado Vilela, um dos mais ilustres vilaverdenses, que dá nome à Biblioteca Municipal.

Em celebração do acontecimento, a Câmara Municipal de Vila Verde dedica-lhe a edição anual do “Boletim Cultural”, a publicar em Outubro.

PUBLICIDADE

Também em Outubro, a autarquia vai apresentar publicamente a versão integral da sua obra digitalizada e terminará o ano com a realização de uma exposição bio-bibliográfica e um colóquio.

«Filho mais novo de uma família de agricultores da freguesia de Barbudo, no concelho de Vila Verde, Álvaro da Costa Machado Villela é considerado o fundador do Direito Internacional em Portugal», contextualiza a bibliotecária Manuela Barreto Nunes.

Trata-se de uma figura incontornável da História da Universidade de Coimbra, onde leccionou durante 23 anos, e da própria História de Portugal no século XX, tendo sido, entre 1922 e 1937, por nomeação de sucessivos governos, juiz dos Tribunais Mistos do Egipto e, já depois de aposentado, procurador à Câmara Corporativa, onde participou na elaboração de importantes pareceres.

«Nunca esquecendo a região onde nasceu, foi ainda fundador da Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde e do seu Hospital e Presidente da Associação Jurídica de Braga, aquando da sua refundação, em 1953, função que, a par da de Provedor da referida Misericórdia, exerceu até ao seu inesperado falecimento, em Outubro de 1956», lembra.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.