NAMORAR PORTUGAL

NAMORAR PORTUGAL -

«Bons presságios» chegam ao Norte pelos Lenços de Namorados 

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Os Lenços de Namorados de Vila Verde reforçam a confiança para «a saída definitiva da crise pandémica». O presidente do Turismo Porto e Norte de Portugal, Luís Pedro Martins, partilhou a sua convicção na abertura das exposições Namorar Portugal patentes no espaço Porto Welcome Center e no Aeroporto Francisco Sá Carneiro. «Esta cerimónia é um bom presságio. O último grande evento público do Norte do país aconteceu com a Gala Namorar Portugal, em 2020, em Vila Verde. Hoje, com estas iniciativas associadas aos Lenços de Namorados, chegam-nos boas notícias e indicadores claros de que vamos mesmo entrar numa nova fase recuperação e com grande força», adiantou Luís Martins.

Novos produtos associados à marca Namorar Portugal, assinados por Fernando Rei da ‘Tearte’ e Rita Gonçalves da ‘Gatémia’, foram apresentados no Porto Welcome Center, um centro turístico junto à estação de S. Bento. No Aeroporto Sá Carneiro decorre também até ao final do mês uma exposição alusiva aos Lenços de Namorados e ao projecto de valorização das tradições de Vila Verde através da inovação.

A presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Júlia Fernandes, destacou a «actualidade e a premência» das mensagens de amor que transportam os ancestrais Lenços de Namorados, perante a «realidade global marcada por novas ameaças de guerras e conflitos em diferentes espaços».

PUBLICIDADE

A autarca enalteceu a capacidade de «inovação e empreendedorismo» dos parceiros Namorar Portugal, mantendo o espírito e o simbolismo dos Lenços. No Porto, surge a oportunidade de relançar marcas e produtos que souberam resistir ao «confinamento» durante estes dois anos.

Fernando Rei apresentou novos produtos de decoração e acessórios da ‘Tearte’, como coroas ou maios, chapéus, separadores de livro, porta-chaves, máscaras e também o “pinheiro do amor”.

Já Rita Gonçalves, da empresa Casa Académica, apostou em novas capas ‘Gatémia’, procurando ir ao encontro dos resultados de um estudo de mercado, que vincou a preferência por peças com bordados monocolores.

Luís Pedro Martins reconheceu a «importância de o Norte de Portugal poder contar com uma oferta de rotas e conteúdos turísticos que são únicos, em Portugal e no mundo». Aproveitou, ainda, para «desafiar o Município de Vila Verde a regressar com os Lenços de Namorados ao espaço em Santiago de Compostela» que a Entidade Regional Turismo Porto e Norte de Portugal (TPNP) se prepara para inaugurar brevemente, depois das obras de recuperação na sequência do incêndio que destruiu o edifício.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.