REGIÃO

REGIÃO -

‘Bons Ventos’ destaca cumplicidade da gastronomia de Esposende com desportos náuticos

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

No âmbito da promoção e valorização dos recursos do território e integrada no projecto ‘Aldeias de Mar’, o município de Esposende lançou pelo segundo ano consecutivo uma campanha que destaca a relação da gastronomia com a actividade náutica de lazer.

Esta aposta na valorização e projecção do património material e imaterial, evidencia “a excelência da gastronomia atlântica e na diversificada oferta de actividades náuticas que os rios e o mar proporcionam e que se consubstanciam na Estação Náutica de Esposende sob a égide ENE Experiências, ENE Possibilidades’”.

“São, precisamente, estes dois eixos que definem o âmbito da campanha ‘Bons Ventos’, configurando-se na sua essência vectores tidos como estratégicos para o território, em particular pela sua capacidade de dinamização económica e turística e atracção de públicos externos para o destino”, afirma esta quinta-feira a autarquia em nota à imprensa.

PUBLICIDADE

‘Bons Ventos’ insinua, desde logo, “naturais sinergias entre os dois temas: a influência atlântica na gastronomia local; e o convite desse mesmo mar, do vento e da excepcional costa para a prática de desportos de água, onde o kitesurf regista crescente adesão”.

A autarquia sustenta que “o desenvolvimento de um conceito base unificador permitirá criar um fio condutor, possibilitando uma abordagem integrada, comunicando um contexto comum que, ao unificar e dar coerência ao todo, potencia ambas as partes”.

“Tendo em conta todos estes contextos, a predominância do vento no nosso território, muitas vezes associada à ‘Nortada’, pode ser analisada como um ponto forte e diferenciador no desenvolvimento territorial, ou mesmo uma oportunidade”, lê-se na nota.

Através do projecto Aldeias de Mar, pretende-se projectar todo este legado, apostando na valorização da sua gastronomia atlântica e no rol de actividades náuticas que os rios e o mar proporcionam, “configurando-se estes dois eixos, na sua essência, como estratégicos, em particular pela sua capacidade de dinamização económica e turística e atracção de públicos externos”.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.