BRAGA -

BRAGA - -

‘Braga Promenade’ leva “intérpretes de excelência” da música clássica ao Theatro Circo

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Alguns dos mais relevantes nomes do actual panorama musical nacional e internacional são a ‘alma’ do ‘Braga Promenade’, que este sábado sob ao palco da mais emblemática sala de espectáculos bracarense, o Theatro Circo.

Este ciclo musical, de três concertos, abre, pelas 21h30 com Orquestra Filarmónica Portuguesa em conjunto com o Coro de Berlim. Seguem-se dia 26 o recital de piano de Yulianna Avdeeva (18h00) e a 2 de Fevereiro a Orquestra Filarmónica Portuguesa & Ray Chen (18h00).

Segundo Ricardo Rio, esta é uma “aposta pertinente” uma vez que em Braga “a música clássica tem público interessado, uma base formativa muito consolidada e tem gerado diversos talentos”.

PUBLICIDADE

“É importante dar corpo a um evento que projecta a cidade como palco de artistas com tanto reconhecimento internacional. A resposta do público, que praticamente já esgotou os três espectáculos, corrobora o acerto da nossa opção”, afirmou o presidente da Câmara Municipal, esta quinta-feira na apresentação do programa musical, orçado em cerca de 75 mil euros.

O autarca deixou a garantia de que o ‘Braga Promenade’ vai voltar em 2021, para uma segunda edição, com “ainda mais força e uma maior capacidade de interacção com outros agentes culturais da cidade e de envolvência em contexto de espaço público”.

Já, Lídia Dias, vereadora da Cultura, salientou que a iniciativa traz à Cidade dos Arcebispos “intérpretes de excelência”.

“É um bom prenúncio começar desta forma o ano em que somos Capital da Cultura do Eixo Atlântico. Estes concertos ajudam a que Braga se afirma cada vez mais como uma cidade cosmopolita e com uma oferta cultural bastante diversificada”, referiu

O evento que surge do trabalho conjunto realizado entre o município, o Theatro Circo e o maestro Osvaldo Ferreira, tem por objectivo, sublinhou Lídia Dias, “o posicionamento de Braga como uma cidade de referência da cultura europeia, promovendo e incrementando o diálogo inter-cultural e atraindo públicos de todo o país e, em particular, da região do Norte de Portugal e do Norte de Espanha”.

As entradas são a 15 euros. Quem possuir o Cartão Quadrilátero paga metade.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.