DESPORTO - Braga recebe mundial universitário de ciclismo

DESPORTO -
Braga recebe mundial universitário de ciclismo

É já para a semana que arranca o Campeonato Mundial Universitário de Ciclismo 2018, que decorrerá de 31 de julho a 4 de agosto. A UMinho participa com 4 atletas. As seleções já começaram a chegar a Braga, sendo a República da Coreia a primeira participante a pôr o ‘pé’ em terras lusas. A competição reunirá os melhores universitários do mundo de ciclismo.

Portugal compete com vinte atletas no Campeonato Mundial Universitário de Ciclismo numa organização da Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM) e dos Serviços de Ação Social da UMinho (SASUM), em parceria com a Associação de Ciclismo do Minho, Federação Portuguesa de Ciclismo e Federação Académica de Desporto Universitário.

PUBLICIDADE

Braga, Guimarães e Fafe são – diz a instituição – “as cidades onde serão atribuídos os títulos mundiais universitários de Ciclismo de Estrada (fundo e contra-relógio), BTT Cross Country Olímpico e BTT Down Hill, respetivamente”.

A cidade de Braga acolhe, além das cerimónias de abertura e de encerramento, as provas de contra-relógio individual (31 de julho) e o início e final das corridas de fundo (4 de agosto), cujos percursos (masculino e feminino) incluem passagens por Guimarães e Póvoa de Lanhoso.

No Campeonato Mundial Universitário de Ciclismo, o Centro de Ciclismo do Minho – Guimarães (Souto Santa Maria) será o local de realização das provas de BTT Cross Country Olímpico (1 de agosto), enquanto Fafe recebe a competição de Down Hill (3 de agosto) que será disputada em Armil, na renovada pista do Monte de São Salvador que já acolheu diversas competições do Minho, nacionais e internacionais.

FUNDO E CONTRA-RELÓGIO

Nas provas de estrada, Portugal compete nas corridas de fundo e contra-relógio. José Poeira, selecionador nacional da Federação Portuguesa de Ciclismo, convocou os seguintes atletas: Pedro Lopes (Universidade do Minho), André Ramalho (Universidade Nova de Lisboa), Marvin Scheulen (Universidade Europeia), Francisco Moreira (Universidade de Lisboa) e Soraia Silva (Escola Superior de Enfermagem de Coimbra), aos quais se juntam José Nuno Vieira (Universidade do Minho) e Marcelo Salvador (Escola Superior Hotelaria e Turismo do Estoril) que alinharão apenas na prova de fundo.

Pedro Vigário, selecionador nacional de BTT, convocou nove atletas para as provas de Cross Country Olímpico (XCO) e quatro para a de Down Hill. Na prova masculina de BTT XCO Portugal alinhará com Mário Silva (Universidade do Minho), Tiago Amorim, Simão Santos e Fábio Tomás (Instituto Politécnico de Viseu) e Miguel França (Instituto Politécnico do Porto). A corrida feminina de XCO contará com a participação de Catarina Moreira (Universidade Lusíada), Beatriz Tomás (Instituto Politécnico de Viseu), Beatriz Lopes (Escola Superior Enfermagem de Lisboa) e Ana Patrícia Ramalho (Universidade Lusófona).

Para a prova de Down Hill, Pedro Vigário convocou os vimaranenses, David Martins (Campeão Nacional Universitário, Instituto Politécnico de Coimbra) e João Pereira (Universidade do Minho), assim como Francisco Quinaz (Universidade de Coimbra) e Micael Costa (Instituto Politécnico de Santarém).

A comitiva portuguesa é chefiada por Francisco Duarte (Vice-presidente da FADU), tendo como oficiais Paulo Oliveira e Hélder Ferreira.

Naquela que será a maior participação de sempre em mundiais de ciclismo universitário, cerca de duas centenas de atletas, em representação de 19 países, participam nesta competição internacional.