BRAGA -

BRAGA - -

Braga subscreve Declaração Basca para desenvolvimento sustentável urbano

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Câmara Municipal de Braga assinou recentemente a Declaração Basca, que define novos caminhos para as cidades e cidadãos europeus criarem cidades produtivas, sustentáveis e resilientes para uma Europa habitável e inclusiva. O documento visa apoiar e acelerar a transformação sociocultural, socioeconómica e tecnológica.

Para Ricardo Rio, presidente da Câmara de Braga, “este é mais um passo e um reconhecimento do nosso trabalho na construção de uma cidade mais sustentável por via do bem-estar dos bracarenses. A entrada do município nesta rede irá permitir, por um lado, trabalhar em múltipla escala, construindo conexões e soluções urbanas mais sustentáveis ao nível europeu e mundial e, por outro lado, a apresentação e divulgação dos projectos desenvolvidos pelo município neste âmbito e a consequente partilha de conhecimento”.

A assinatura da Declaração Basca ocorre após o processo de entrada na ICLEI – Local Governents for Sustainability que consiste na rede de maior referência internacional de governos locais unidos pelo compromisso comum dos governos locais com o desenvolvimento sustentável.

PUBLICIDADE

Este compromisso faz parte de um processo de adesão da autarquia bracarense à rede ICLEI, que é considerada a rede de referência dos governos locais em prol do Desenvolvimento Sustentável.

A Declaração Basca destaca a necessidade e o desejo dos líderes locais de encontrar formas inovadoras de envolvimento com a sociedade civil de modo a enfrentar os desafios económicos, ambientais e sociais.

OBJECTIVOS

Esta declaração reconhece a necessidade de transformação para descarbonizar os sistemas urbanos, criar padrões sustentáveis nas cidades, proteger e melhorar a biodiversidade e os serviços dos ecossistemas, reduzir a utilização de terrenos, proteger os recursos hídricos e a qualidade do ar, melhorar o espaço público, proporcionar habitação adequada, garantir a inclusão social e fortalecer as economias locais.

A ICLEI é uma associação internacional de governos locais unidos pelo compromisso comum com o desenvolvimento sustentável. Foi criada por mais de duzentas administrações locais de quarenta e três países no Congresso Mundial dos Governos Locais para um Futuro Sustentável, promovido pela Organização das Nações Unidas, em Nova Iorque, em Setembro de 1990.

A crescente adesão ao ICLEI traduz-se hoje na adesão de mais de 1200 cidades, municípios e as suas associações, de 84 países. Em Portugal, são membros as câmaras municipais de Águeda, Almada, Cascais, Lisboa, Seixal e Torres Vedras e a Junta de Freguesia de Agualva.

A ICLEI trabalha com os governos e administrações locais através de campanhas e programas internacionais, de consultoria, formação, partilha de conhecimentos e apoio na implementação do desenvolvimento sustentável a nível local. O Secretariado Mundial está situado em Bona, Alemanha.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.