VILA VERDE –

VILA VERDE – -

Câmara atribui voto de louvor à EPATV. PSD absteve-se porque diz não concordar com o texto da proposta

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O executivo municipal de Vila Verde aprovou esta segunda-feira, com os votos favoráveis dos vereadores do PS e a abstenção dos eleitos do PSD, um voto de louvor à Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV) pelo 9º lugar obtido no ranking nacional de escolas profissionais.

A proposta foi apresentada pelo PS, que lembrou os 25 anos da instituição, os mais de 700 alunos que a EPATC possui, os índices de conclusão e empregabilidade dos formados, assim como os prémios que a escola tem arrecadado.

PUBLICIDADE

Os vereadores socialistas referem, no entanto, que «não obstante os resultados obtidos, têm sido colocados alguns entraves ao crescimento académico da EPATV» por parte da Câmara de Vila Verde.

«A não participação dos seus alunos nas actividades do programa de combate ao abandono e insucesso escolar é apenas um deles O recente diferendo da autarquia quanto à legalização de obras é outro. São situações que certamente com a boa-vontade de todos serão ultrapassadas», pode ainda ler-se na proposta.

Na declaração de voto apresentada, os eleitos do PSD «consideram que o voto de louvor proposto é absolutamente merecido», mas dizem não poder aceitar «a existência do antepenúltimo parágrafo em que se alegam diferendos entre o Município e aquela instituição de ensino».

«Os membros do executivo PSD têm orgulho na EPATV e não têm qualquer problema em louvar o seu excelente desempenho, mas não podem aceitar que neste voto de louvor constem razões que alegadamente criam um ambiente de menos boa relação com a escola, quando tal sentimento não existe por parte do Município, que tem nela um parceiro insubstituível na promoção do desenvolvimento educativo, social e cultural das novas gerações de vilaverdenses», justificam.

O presidente da Câmara, António Vilela, não participou na reunião, «por circunstâncias imponderáveis».

«OPORTUNIDADE PERDIDA»

Em comunicado, o Director-Geral da EPATV, João Luís Nogueira, lamenta que os vereadores do PSD não tenham votado favoravelmente a proposta, considerando tratar-se de uma «oportunidade perdida» em «reconhecer o óbvio e fazer a ponte para as boas vontades e confiança nas instituições do concelho».

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS