VILA VERDE –  Câmara com Orçamento de mais de 37 milhões para o novo ano

VILA VERDE –
Câmara com Orçamento de mais de 37 milhões para o novo ano

O executivo municipal de Vila Verde vai apreciar e votar, na reunião de Câmara desta sexta-feira, a proposta de Grandes Opções do Plano e Orçamento que aponta para um investimento global, no ano de 2019, de 37.811.593€, anunciou a autarquia.

«Privilegiar as funções sociais do Município, manter o crescimento económico assente na criação de emprego através de políticas fiscais atractivas para as empresas, investimento ímpar em infra-estruturas básicas de saneamento e água e forte impulso na mobilidade e regeneração urbana são os objectivos primordiais deste documento», segundo o autarca António Vilela.

PUBLICIDADE

Em comunicado, o executivo PSD, liderado por António Vilela, revela que a proposta de orçamento municipal para 2019 «traduz um crescimento superior a um milhão de euros relativamente ao do ano anterior» e «vai permitir consolidar o processo de desenvolvimento de Vila Verde e alavancar a modernização e o reforço da competitividade local com a execução de obras estruturantes em áreas estratégicas como o ordenamento do território, o saneamento básico, as vias de comunicação e a regeneração urbana».

O Orçamento «volta a apontar no sentido de um crescimento sustentado em que as funções sociais, com uma fatia global que ascende a mais de 21 milhões de euros (cerca de 57%), voltam a conhecer um investimento muito significativo».

Acrescenta que a educação, com um investimento directo superior a cinco milhões de euros, «afirma-se, uma vez mais, no âmbito das funções sociais, como um sector estruturante, sendo reconhecido o seu interesse estratégico para a modernização e para a construção de um concelho competitivo e com excelentes perspectivas de futuro».

Segundo António Vilela, este documento previsional, «embora alicerçado numa gestão realista, criteriosa e pautada pelo rigor orçamental, incorpora também e principalmente uma estratégia ambiciosa, revelando visão de futuro ao apostar fortemente no planeamento e na elaboração de projectos e apresentação de candidaturas que visam o melhor aproveitamento das oportunidades de investimento criadas com os mecanismos de apoio financeiro no âmbito do Portugal 2020».

PROTECÇÃO DA ECONOMIA LOCAL

O Orçamento para 2019 consagra, segundo o executivo PSD, uma «clara aposta na protecção da economia local, das empresas e das famílias, destinando uma fatia de €3 116 501 às funções económicas». «O crescimento económico e a criação de emprego são objectivos fundamentais numa acção política municipal que prioriza a fixação das pessoas e a renovação das gerações», defende.

O acesso a serviços básicos, como o abastecimento público de água e o saneamento, «é de vital importância para melhoria das condições de vida de todos». «Com um investimento estimado em perto de 7 milhões de euros, a este nível, o Município de Vila Verde faz uma aposta muito séria na efetiva promoção do desenvolvimento sustentável do território», realça.

O ordenamento territorial contempla um investimento global superior a cinco milhões de euros, «centrado em vectores como a mobilidade, as acessibilidades, a reabilitação urbana e urbanística e o criterioso planeamento da ocupação e do crescimento territoriais».