VILA VERDE –

VILA VERDE – -

Câmara de Vila Verde avança com empréstimo para arranjar estradas

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Câmara de Vila Verde anunciou esta sexta-feira que vai avançar com o procedimento para a contracção de um empréstimo «para a realização de obras de requalificação de vias de comunicação estruturantes para a modernização e o desenvolvimento harmonioso do território concelhio».

Em comunicado, a autarquia refere que «o investimento, com um limite máximo de 3.301.900,00€, contemplará requalificação e construção de infraestruturas de água e saneamento» em diferentes zonas do concelho.

PUBLICIDADE

Estão neste lote a Estrada Municipal (EM) 531-2 que liga as freguesias de Coucieiro e Atães e da M532-2 que une o lugar de Revenda em Travassós a Godinhaços; da M566 que liga a Ponte Nova (Loureira) à da rotunda da Lage; das Rua das Vinhas que liga Turiz a Vila Verde e da Rua 25 de Abril que liga o centro urbano de Vila Verde a Barbudo.

Engloba ainda o Caminho Municipal (CM) 1179 e do M1167, que ligam Parada de Gatim a Freiriz e Freiriz a Escariz; da M537 que une Pico Regalados a Gomide, e da Rua Eng. Adelino Amaro da Costa e Dr. António Ribeiro Guimarães, na sede concelhia, assim como a repavimentação da Rua Bouça Penedo, na freguesia de Cervães.

«Depois de uma fase de intensa e ampla execução de projectos de instalação de infraestruturas e equipamentos de crucial importância para a elevação da qualidade de vida os vilaverdenses, designadamente no domínio do alargamento da rede de saneamento básico, que determinaram inevitáveis danos em várias artérias concelhias, a maioria social democrata propõe agora ao Executivo Municipal a aprovação da abertura de um procedimento de contratação de um financiamento tendente à criação de condições para a realização de obras de modernização da rede viária», anuncia a Câmara.

A intenção é «dotar o concelho de vias de comunicação propiciadoras de uma circulação cómoda, célere e segura de todos os veículos automóveis, alavancando, assim, a atractividade do território concelhio».

Para o presidente da Câmara, António Vilela, «este investimento representa uma importante mais-valia para o concelho de Vila Verde, na medida em que vai regenerar a rede viária e, assim, tornar o território concelhio ainda mais atractivo para novos residentes e investidores nos vários sectores empresariais, o que se revela determinante para o crescimento do emprego e para a fixação dos mais jovens no território concelhio».

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.