VILA VERDE –

VILA VERDE – -

Câmara de Vila Verde quer integrar projecto de mobilidade para ligar “Quadrilátero Urbano” por ferrovia

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Câmara de Vila Verde manifestou, esta segunda-feira, a intenção de integrar o estudo prévio para a ligação das quatro cidades do Minho, o denominado “Quadrilátero Urbano”, que une Braga, Guimarães, Famalicão e Barcelos, por ferrovia (“tramway”).

Em comunicado, a autarquia vilaverdense refere que «quer integrar o projecto que prevê a ligação destes quatro grandes centros urbanos».

Lembra a «considerável dimensão territorial e demográfica do concelho de Vila Verde» e as suas «potencialidades naturais e humanas», tal como o «intenso fluxo rodoviário, sobretudo na zona sul do território» e «o dinamismo económico e cultural em curso» para justificar tal vontade.

A Câmara vilaverdense frisa ainda a «proximidade e inter-relacionamento com outros Municípios envolvidos, mormente com o Município de Braga, assim como aos movimentos rodoviários estabelecidos entre estas localidades, geradores de fortes constrangimentos nos acessos quer à cidade de Braga, quer ao concelho de Vila Verde, de que resultam consequentes efeitos ambientais negativos que é preciso combater em benefício do futuro».

Citado no comunicado, o autarca António Vilela mostra-se «plenamente convicto de que um projecto desta natureza dará um contributo fundamental para a construção de uma efetiva da coesão territorial e social, permitindo um desenvolvimento e crescimento económico de todos estes concelhos e também de Vila Verde».

«A este aspecto devem ainda ser acrescentados os benefícios na óptica de potenciação do equilíbrio ambiental e de preservação da biodiversidade de toda uma região com uma beleza e características naturais e paisagísticas únicas», destaca.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
3€ / mês

* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 36€ / ano.