VILA VERDE

VILA VERDE -

Câmara que atribuir 237 bolsas de estudo a alunos do ensino superior

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Executivo Municipal de Vila Verde vai analisar e votar, na reunião da próxima segunda-feira, «a atribuição de 237 bolsas de estudo a alunos do ensino superior residentes no Concelho de Vila Verde, entre 367 candidatos, num investimento global previsto de 104 mil e 30 euros».

Em comunicado, o Município sublinha que «os valores das bolsas oscilam consoante os escalões em que os candidatos estão integrados e em conformidade com as declarações de rendimentos apresentadas» e que «os candidatos pertencentes ao corpo activo da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde recebem a bolsa máxima. Está ainda prevista uma redução de 50% do valor a receber em caso de acumulação de subsídio ou bolsa atribuída por outra entidade».

Devido às limitações impostas no âmbito das medidas de combate à pandemia da Covid-19, este ano, o pagamento será efectuado através de transferência bancária. Para o efeito, os alunos contemplados, nomeadamente para o fornecimento do IBAN e para a entrega da documentação necessária (declaração de não recebimento de subsídio ou bolsa atribuída por outra entidade), deverão enviar um email para: [email protected].

PUBLICIDADE

«A elevação da competitividade do território e a aposta na fixação dos mais jovens nas suas freguesias de origem passa, em grande medida, pelo reforço das qualificações dos vilaverdenses e pela criação de oportunidades para que se formem em múltiplas áreas, nomeadamente em vertentes mais técnicas e que possam ir ao encontro das efectivas necessidades do mercado de trabalho local e regional. Assim, esta atribuição de bolsas de estudo, além dos alunos que frequentam licenciatura ou mestrado, contempla, uma vez mais, os alunos que frequentam os Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTSP)», pode ler-se em nota enviada.

«APOSTA CRUCIAL PARA QUE O CONCELHO POSSA CONTINUAR A VENCER O DESAFIO DA MODERNIZAÇÃO E COMPETITIVIDADE»

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, considera que a aposta na qualificação dos jovens vilaverdenses é «crucial para que o Concelho possa continuar a vencer o exigente desafio da modernização e da competitividade», acrescentando que «o tecido empresarial concelhio, nos últimos anos, teve um crescimento assinalável, fruto da capacidade empreendedora dos empresários, mas também em resultado da maior atractividade do território e das políticas fiscais de incentivo ao investimento, e, se o talento, o espírito de iniciativa e a capacidade de estudo e de trabalho dos jovens vilaverdenses continuarem a ser incentivados e apoiados, este capital humano será determinante para captar para Vila Verde novos projectos em diferentes sectores de produção», sublinha.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS