BRAGA –

BRAGA – -

Candidatura do Bom Jesus a Património Mundial analisada em Julho

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Santuário do Bom Jesus, em Braga, está entre os 36 locais candidatos à classificação de Património Mundial da UNESCO, que o comité da organização analisa em Julho, no Azerbaijão. O Palácio Nacional de Mafra também consta do inventário.

Os dois monumentos integram “as 36 indicações para inscrição na Lista do Património Mundial”,  pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), que são avaliadas a partir de 5 de Julho, na 43.ª Sessão do comité do património, a decorrer em Baku, no Azerbaijão, de 30 de Junho a 10 de Julho.

O Bom Jesus do Monte (também conhecido como Santuário do Bom Jesus de Braga) é um conjunto arquitectónico paisagístico composto por uma igreja, um escadório, onde se desenvolve a Via Sacra do Bom Jesus, uma área de mata e um funicular.

PUBLICIDADE

Está classificado desde 1970 como Imóvel de Interesse Público e, esta sexta-feira, foi publicada em Diário da República a proposta de ampliação da classificação do Santuário, de forma a integrar os terrenos da Confraria do Bom Jesus do Monte e o Elevador do Bom Jesus, assim como «a reclassificação como conjunto de interesse nacional/monumento  nacional».

Mandado construir por D. João V, o Palácio Nacional de Mafra é um conjunto arquitectónico barroco formado por um Paço Real, uma Basílica e um Convento. Possui importantes colecções de escultura italiana, de pintura italiana e portuguesa, uma biblioteca única, bem como dois carrilhões, seis órgãos históricos e um hospital do século XVIII.

Foi classificado como Monumento Nacional em 1910 e foi um dos finalistas da iniciativa Sete Maravilhas de Portugal, em 2007.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.