LANHAS (Vila Verde): Casa da Alegria (Lar e Centro de Dia para pessoas com Alzheimer e outras demências) abre portas dentro de um ano

LANHAS (Vila Verde):
Casa da Alegria (Lar e Centro de Dia para pessoas com Alzheimer e outras demências) abre portas dentro de um ano

A Casa da Alegria, um Lar e Centro de Dia para pessoas com Alzheimer e outras demências, vai iniciar a sua actividade em Lanhas, Vila Verde, dentro de um ano. O lançamento da primeira pedra decorreu esta tarde, na presença de várias entidades. «Um momento marcante para uma instituição que aposta numa resposta social pioneira na Região», destacou Jorge Pereira, o presidente da direcção do Centro Social Vale do Homem (CSVH), entidade promotora.

Integrada nas comemorações do 13º aniversário, o momento «marca uma nova etapa de crescimento e afirmação do CSVH» e, em simultâneo, «uma resposta social imprescindível para uma franja da população, numa área que ainda está muito carente».

PUBLICIDADE

A cerimónia foi presidida pelo Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, que fez questão de assinalar a importância do novo equipamento. «Vem suprir uma lacuna e ajudar a criar respostas melhores àqueles que mais precisam», vincou. E louvou a escolha do nome para o novo espaço: «Casa da Alegria. Foi feliz a escolha. Vai ser, certamente, um espaço de fé e alegria».

VILA VERDE «PIONEIRO»

O acto, que também contou com a presença da presidente da Delegação Norte da Alzheimer Portugal, teve no presidente da câmara de Vila Verde um discurso mais entusiasmado. «Esta é mais uma importante resposta social que o Concelho de Vila Verde passa a ter», vincou, sublinhando mesmo que «é um equipamento pioneiro na região». E foi mais longe: «Vila Verde é, certamente, um dos concelhos do País com mais e melhores respostas sociais. Temos muitas e boas instituições no concelho».

O autarca – que esteve acompanhado pelo homólogo de Terras de Bouro, Manuel Tibo, e a vereadora da acção social do município de Amares, Cidália Abreu – deixou uma palavra de «forte apreço ao CSVH, um parceiro importante no apoio social. Têm feito um excelente trabalho. Podem continuar a contar com o apoio do município de Vila Verde».

50 UTENTES E MAIS 30 POSTOS DE TRABALHO

A Casa da Alegria, um Lar e Centro de Dia para pessoas com Alzheimer e outras demências, vai dar apoio a 50 pessoas, 19 em Centro de Dia e 31 em regime de Lar.

Promete ser um centro inovador, destacando-se os quartos sensoriais e outras valências de apoio técnico especializadas.

Será construído numa área de terreno contígua ao actual edifício-sede do CSVH, em Lanhas. Representa um investimento na ordem dos 2 milhões de euros.

«Venham mais, pois é importante criar mais infra-estruturas sociais que dêem apoio nestas áreas», deixou escapar a presidente da delegação Norte da Alzheimer Portugal.

A futura aposta do CSVH passa pela criação de uma nova unidade de apoio à saúde mental, em Ponte S. Vicente, a par do novo Lar em Gualtar, Braga.

 

 13º ANIVERSÁRIO (Programa)

O lançamento da 1ª pedra da Casa da Alegria foi o primeiro acto das comemorações do 13º aniversário do CSVH.

Pelas 18h30, na Pensão Universal, situada Vila de Caldelas, Amares, será apresentado o livro comemorativo do 10º aniversário do Grupo Folclórico do Vale do Homem.

Às 20h, na Churrasqueira de Caldelas, será servido um Jantar de Reis, para comemorar o 13º aniversário do CSVH , onde também serão entregues os prémios “Colega do Ano”, do Centro Social e Lar das Termas.

A cerimónia encerra após a tomada de posse dos novos órgãos sociais do CSVH.

[email protected]