VILA VERDE -

VILA VERDE - -

Casa do Conhecimento assinalou entrada do solstício de inverno com a iniciativa “Dia Mais Curto”

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Casa do Conhecimento promoveu, no dia 13 de Dezembro, duas sessões de curtas-metragens, no âmbito da iniciativa o “Dia Mais Curto”, numa parceria com a Escola Secundária de Vila Verde e no contexto da Rede de Clubes Casa do Conhecimento.

Estas sessões centraram-se no programa “Curtas do Mundo”, composto por 5 curtas – “O Papagaio”, de Martin Smatana; “Querida Noite”, de Lia Bertels; “Plantar uma Bandeira”, de Bobbie Peers; “A Minha Geração”, de Ludovic Houplain, “Presente de Natal”, Bogdan Muresanu – às quais assistiram 175 alunos dos Agrupamentos de Escolas e Escolas do concelho.

“DIA MAIS CURTO”

PUBLICIDADE

O Dia Mais Curto é uma iniciativa internacional comemorada em Portugal pelo 7º ano consecutivo, organizada pela Agência da Curta-Metragem, associada ao Festival de Curtas de Vila do Conde. Este evento procura celebrar chegada do inverno ao hemisfério norte, a 21 de Dezembro, marcando o solstício de inverno, que torna este dia o dia mais curto do ano e que por analogia foi escolhido para celebrar o cinema no formato de curta-metragem.

As iniciativas do “Dia Mais Curto” decorrem por todo o país, num total de 91 sessões, entre os dias 1 e 21 de Dezembro e em 28 localidades.

“PROJECTO X”

A iniciativa representou também o arranque do Projecto X, centrado no universo restrito das curtas-metragens, nomeadamente nos seus géneros, nos seus realizadores, nas acções que as promovem, nos prémios nacionais e internacionais, entre muitos outros aspectos. A descoberta deste universo irá permitir entender as curtas-metragens como narrativas alternativas.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.