PICO DE REGALADOS -

PICO DE REGALADOS - -

Casa do Povo assinalou 25 anos de apoio domiciliário e homenageou Eleutério Faria Ferreira, benfeitor da Instituição

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Casa do Povo de Pico de Regalados assinalou esta tarde, através de uma sessão solene, os 25 Anos do Serviço de Apoio Domiciliário às freguesias do norte do concelho de Vila Verde e homenageou, a título póstumo, o benemérito Dr. Eleutério Mário Faria Ferreira, benfeitor da Instituição Particular de Solidariedade Social.

A sessão contou com a presença do Presidente da Instituição, Porfírio Barbosa, com a Vereadora da Acção Social, Júlia Fernandes, Lúcia Faria Ferreira, irmã do homenageado, vários sócios, utentes, familiares do benemérito e benfeitores e ainda representantes das instituições públicas parceiras da Casa do Povo.

O início foi dado com o descerrar de duas placas evocativas do momento, seguindo-se uma actuação por parte dos utentes e a benção, pelo padre Fernando Senra.

PUBLICIDADE

O Presidente da Instituição, Porfírio Barbosa, destacou que o trabalho realizado, «uma obrigação poucas vezes correspondida pelo Estado», se deve «ao esforço e à boa vontade das pessoas que cá trabalham».

«Fizeram com que a Instituição crescesse, na medida da ambição dos directores e de todos quantos querem serviços de qualidade que respondam às suas pretensões».

Quanto ao homenageado, Eleutério Faria Ferreira, Porfírio Barbosa realçou que se encontra «num nível mais elevado», pois foi «imprescindível para a compra do edifício. É uma homenagem parca para a boa vontade e trabalho que realizou».

Lúcia Faria Ferreira, irmã de Eleutério Faria Ferreira, apontou que «ser rico não é crime nem mesmo reprovável, porém, a partir daí nasce uma obrigação moral de solidariedade para com os outros».

«Foi precisamente por isso mas também muito em memória dos seus pais e ainda pela dedicação grande que sempre manteve com a sua terra natal, que o meu irmão deu a sua contribuição para esta Casa do Povo. Orgulho-me do meu irmão. É um exemplo que tenho sempre presente», concluiu.

Em representação do Município de Vila Verde esteve a Vereadora da Acção Social, Júlia Fernandes, que enalteceu o «grande trabalho da instituição a todos os níveis. Ao longo de 25 anos levaram sorrisos e ajuda à parte norte do concelho».

Júlia Fernandes não esqueceu a homenagem prestada ao benemérito da Instituição, referindo que «é necessário homenagear todos aqueles que foram importantes. É um motivo de grande orgulho e um dia muito especial. Devemos ser gratos a todos os que nos apoiam e nos ajudam».

No final houve ainda tempo para um verde de honra na sala de convívio, onde foi passado um filme com vários momentos marcantes dos últimos 25 anos.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS