PAÍS

PAÍS -

Casos de vacinação indevida vão ser investigados pela PJ

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Ministério Público delegou na Polícia Judiciária (PJ) a investigação de eventuais irregularidades com o plano de vacinação contra a Covid-19, na sequência da instauração de diversos inquéritos.

«A Procuradora-Geral da República, após articulação com o director nacional da Polícia Judiciária, recomendou a ponderação de delegação de competências para investigação dos inquéritos com o referido objecto, concentradamente na Polícia Judiciária, por forma a potenciar um tratamento uniformizado e maior agilização na articulação com as inspecções sectoriais», refere o Ministério Público numa nota enviada à agência Lusa.

PUBLICIDADE

A Inspecção-Geral de Actividades em Saúde já anunciou ter iniciado uma inspecção que visa verificar o cumprimento das normas e orientações aplicáveis ao processo de vacinação.

Esta inspecção vai abranger as cinco administrações regionais de saúde, entidades hospitalares do sector público empresarial do Estado, entidades hospitalares do sector público administrativo, hospitais privados, hospitais do sector social, INEM e a Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS).

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS