Local – Página 194 – O Vilaverdense

DESTAQUE (Pico de Regalados):: -

Vinho “Vale do Homem” conquista medalha de ouro para melhor Loureiro da Região dos Vinhos Verdes

O vinho Vale do Homem Loureiro conquistou a medalha de ouro da Região dos Vinhos Verdes, na gala de premiação realizada esta semana. A quinta do Pico de Regalados, Vila Verde, conquistou ainda o Verde Prata para o Vale do Homem Arinto e Verde Honra para o Vale do Homem Branco, no Evento Melhores Verdes … Ler mais

DESTAQUE (Pico de Regalados)::

Vinho “Vale do Homem” conquista medalha de ouro para melhor Loureiro da Região dos Vinhos Verdes

VADE (Atães): -

Jovens e mordomos recriaram “Via Sacra”

O Grupo de Jovens e mordomos da Páscoa da paróquia de Atães promoveram, esta noite, a recriação da via sacra, momento que teve uma forte adesão popular. Foi realizado um percurso pela principal avenida da freguesia cumprindo as diversas estações, com encenação dos diversos passos de Jesus Cristo a caminho da crucificação.

VILA VERDE – -

Mais de 1400 luminárias LED estão a ser instaladas no concelho

A instalação de 300 luminárias, em tecnologia LED, na Estrada Nacional 101, no troço a Sul da sede concelhia, já está em curso. Este processo vai prosseguir com a instalação de mais 1100 luminárias, nas vias e espaços públicos, em todo o concelho de Vila Verde. O anúncio foi feito esta sexta-feira, em comunicado, pela … Ler mais

VILA VERDE –

Mais de 1400 luminárias LED estão a ser instaladas no concelho

CABANELAS – -

Comunidade cristã encenou Última Ceia

A celebração da Quinta-Feira Santa, que marca a instituição da eucaristia, contou com a participação de vários fiéis que enceram a Última Ceia. A Via Sacra, agendada para a noite desta sexta-feira, da responsabilidade dos Escuteiros, foi cancelada devido a um problema pessoal de um dos organizadores.

CERVÃES – -

Mordomos da Páscoa cumprem tradição de levantar arcos

Os dois mordomos da Páscoa em Cervães cumprem, nesta Sexta-Feira Santa, a tradição de levantar os arcos festivos. O levantamento dos dois arcos, um em cada casa dos mordomos, foi feito com a ajuda de alguns voluntários e da população. Num dos casos, foi mesmo necessário recorrer a um camião-grua.