VILA VERDE

VILA VERDE -

Centro Social de Escariz com Equipa Multidisciplinar de Apoio a Seniores

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Em Dia Internacional da Pessoa Idosa, que se assinala esta quinta-feira, 1 de Outubro, o Centro Social da Casa do Povo de Escariz não deixou passar a efeméride, anunciando a criação de uma Equipa Multidisciplinar de Apoio a Seniores.

«É um dia diferente que procura reflectir sobre a condição humana, num ano completamente atípico, marcado por uma pandemia que tem levado os idosos pelo Mundo a situações de confinamento prolongado, adensando sentimentos de solidão, ansiedade, tristeza e depressão e, em muitos casos, provocado a morte», refere a instituição.

PUBLICIDADE

Ora, estes constrangimentos levaram o Centro Social da Casa do Povo de Escariz a «reforçar o seu acompanhamento e a personalização dos seus serviços, através da constituição da Equipa Multidisciplinar de Apoio a Seniores (EMAS), composta por técnicos especializados nas áreas de Nutrição, Fisioterapia, Psicologia e Terapia Ocupacional, apoiados por Ajudantes de Acção Directa».

«O objectivo desta equipa é o de promover um envelhecimento positivo, onde cada um se sinta confortável com o seu processo de envelhecimento, valorizando a autonomia, a comunicação e a afectividade. Será um trabalho complementar àquele que a instituição já vem fazendo no seu dia-a-dia, onde as questões da alimentação, da ocupação em novas actividades e do bem-estar físico e emocional são abordadas de uma forma integrada por técnicos altamente qualificados», acrescenta.

O Centro Social de Escariz considera que «é muito importante continuar a contar com o apoio dos familiares e dos amigos dos idosos, razão pela qual tem mantido as visitas regulares, tendo também criado, para salvaguardar todas as condições de segurança, a Caixinha dos Afectos».

«Separados por uma tela, sem contacto físico, mas um olhar próximo, ao vivo e a cores, os utentes do Centro Social de Escariz reencontraram-se todos os dias com os seus familiares e amigos, reforçando os seus laços de pertença e a sua identidade», explica.

A instituição salienta ainda o contributo de todos os profissionais e o «excepcional trabalho que têm desenvolvido para o bem-estar» dos utentes, «com total entrega e disponibilidade, cumprindo à risca o Plano de Contingência definido desde o primeiro momento pela Instituição».

«Acreditamos que este é um trabalho de todos e que, adoptando comportamentos seguros e preventivos, é possível distanciar sem isolar», frisa a instituição.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS