Christian Merli dominou na Falperra

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Na mítica rampa da Falperra, a nata da velocidade Europeia de Montanha esteve presente este fim de semana a disputar o Hill Climb Masters 2021, ornando assim o fim-de-semana em grande, onde os melhores se mostraram ao apaixonado e fervoroso público que acorreu à rampa e deu ainda mais cor à festa.

Depois de no primeiro dia de treinos o tricampeão Francês Geoffrey Schatz (Nova NP01-2 Oreca) ter monopolizado a liderança com os melhores tempos, hoje, nas subidas oficiais Christian Merli, em (Osella FA30 Zytek), um habitué na rampa, fez o conjunto de tempos mais rápidos do dia e levou para casa a medalha de ouro da prova, deixando na segunda posição Schatz, enquanto Simone Faggioli (Norma M20 FC Zytek) completou o top 3.

Reto Meisel (Mercedes-Benz SLK 340) venceu na Categoria 3 e Szymon Łukaszczyk ( Mitsubishi Lancer Evo V) venceu na Categoria 1

PUBLICIDADE

Na competição reservada às senhoras foi Olivia Cooper (Force TA Suzuki) a vencer e nos Sub-25 foi Luigi Fazzino (Osella PA2000 Peugeot).

Pedro Salvado foi o melhor português
Quanto aos resultados dos pilotos portugueses, Pedro Salvador (Silver Car CS Suzuki) foi o mais rápido a subir a Falperra, com o 17º melhor tempo, seguindo-se, depois, Hélder Silva (BRC BR53 Suzuki) em 36º;  António Rodrigues (BRC 05 Evo Suzuki) em 68º;  Pedro Marques (Porsche 991 GT3 Cup) em 73º; Luís Nunes ( Ford Fiesta ST R5) em 77º; Joaquim Rino ( BRC B49 Evo Suzuki) em 79º;  Joaquim Teixeira (Seat Leon Cupra TCR) em 82º;  José Correia (Nissan Nismo GT-R GT3) em 85º: Paulo Silva (Audi RS3 TCR) em 101º;  Manuel Sousa (Cupra TCR) em 108º;  Sérgio Nogueira (Renault Clio RS) em 114º;  Parcidio Summavielle (Renault Clio) em 115º;  José Almeida (BMW M3 E46) em 119º,; Alberto Pereira (Honda Civic Type R) em 120º;  Daniela Marques (Subaru Impreza WRX STI) em 125º  e Francisco Milheiro (Peugeot 106) em 143º.

França vence Nations Cup
Quanto à Nations Cup, a França levantou o cetro. A classificação por equipas, baseada na consistência dos tempos em duas subidas não foi elaborada pelos tempos mais rápidos, mas pela diferença de tempo entre as duas melhores subidas de cada piloto. E nesse capítulo, a França foi a melhor com uma diferença de 0.177seg. seguidos da Eslováquia (0.256) e da Bélgica (0.568).
Portugal ficou na oitava posição com uma diferença de 0.836.

Europeu de Montanha regressa em Maio
Terminada que está a prova rainha da montanha, o Hill Climb Masters 2021, resta-nos aguardar pelo mês de maio de 2022 para termos de regresso à Falperra para a prova do Campeonato da Europa.

Texto: Carlos Costa

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS