REGIÃO

REGIÃO -

CIM Cávado assinou o Pacto das Competências nas Indústrias Europeias da Indústria Têxtil

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Comunidade Intermunicipal do Cávado (CIM Cávado) é um dos assinantes do Pacto TCLF- Pacto das Competências nas Indústrias Europeias do Têxtil, Vestuário, Couro e Calçado.

Este tratado foi assinado esta quinta-feira e faz parte da iniciativa da Comissão Europeia que «pretende implementar um modelo de parceria entre empresas, trabalhadores, autoridades nacionais, regionais e locais, parceiros sociais, organizações interprofissionais e setoriais, fornecedores de educação e formação, as câmaras de comércio e os serviços de emprego».

PUBLICIDADE

A CIM Cávado, tendo em conta a importância dos sectores abrangidos no seu território, foi uma das entidades indicadas pela CCDR-Norte como «importante contributo para o sucesso destas políticas públicas».

Neste contexto, a Comunidade identificou três grandes desafios para as Indústria Têxtil para os próximos anos como as «competências digitais, para dar resposta à progressiva importância do digital», as «competências verdes, onde as empresas devem ser capazes de responder a um mercado que procura cada vez mais produtos sustentáveis», e por fim, o «envelhecimento da mão-de-obra, facto que dificulta os processos de inovação».

Com este Pacto, a União Europeia vai procurar «aumentar as competências e promover o desenvolvimento sustentável da indústria» e surge como resultado da Mesa Redonda de Alto Nível entre Comissários Europeus do Emprego e de várias reuniões de trabalho com os “stakeholders” desta indústria de vários países europeus.

A implementação do “Pacto TCLF” será coordenada pela EURATEX – Confederação Europeia das Indústrias Têxtil e do Vestuário com o apoio da Comissão Europeia, e «vai também fornecer serviços dedicados na forma de redes, conhecimento e centros de orientação».

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.