REGIÃO

REGIÃO -

CIM do Cávado procedeu à Instalação da Comissão Sub-Regional de Gestão Integrada de Fogos Rurais do Cávado

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O auditório São Tomás de Aquino, no Seminário Maior de Braga acolheu, esta quarta-feira, a primeira reunião de carácter deliberativo para a instalação da Comissão Sub-Regional de Gestão Integrada de Fogos Rurais (Comissão) do Cávado.

Esta Comissão é um órgão de coordenação que têm como missão a «execução da estratégia de gestão integrada de fogos rurais, a articulação dos programas de gestão do fogo rural e de protecção das comunidades contra incêndios rurais, assim como programas conexos de entidades públicas e privadas e o respectivo planeamento à sua escala».

Em nota enviada, pode ler-se que esta «assume particular importância no nosso território, uma vez que os espaços florestais representam 51% da área total da região, sendo que estão cerca de 600 empresas ligadas ao sector, que promovem mais de 2200 empregos directos na floresta. Bem como, a existência de duas importantes áreas protegidas, nomeadamente o Parque Nacional Peneda-Gerês e o Parque Natural Litoral Norte».

PUBLICIDADE

ENCONTRO

O encontro foi presidido pelo Presidente do Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Cávado (CIM Cávado), Ricardo Rio, e teve como ordem de trabalhos a apresentação dos membros da Comissão, a aprovação do regimento interno de funcionamento e a apresentação do Modelo de Governança do Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais (SGIFR).

A Comissão reúne assim a nível deliberativo, dirigida pelo presidente da CIM Cávado, que será secretariado pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) e respectivo substituto, o representante da gestão do fogo rural do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a nível técnico, dirigido pelo coordenador regional da Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais (AGIF, I. P). Tendo ainda como principais actores os representantes dos municípios que compõe a CIM Cávado, o Estado-Maior-General das Forças Armadas, os Comandos Territoriais da GNR; os Comandos territoriais da PSP com responsabilidade na Sub-Região; a Liga dos Bombeiros Portugueses; a Direcção Regional Agricultura e Pescas do Norte; a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária do Norte; a REN-Redes Energéticas Nacionais; a E-REDES, entre outras.

«Pretende-se, num futuro próximo, que esta comissão reúna a nível técnico, para iniciar a elaboração do plano sub-regional de acção que inclui os projectos-chave para a modificação da paisagem e consequentemente aumentar a resiliência aos incêndios rurais», pode ainda ler-se.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.