JUSTIÇA – Cinco anos de prisão para homem que assaltou casa em Cervães

JUSTIÇA –
Cinco anos de prisão para homem que assaltou casa em Cervães

Assaltou, em 2017, uma casa em Cervães, Vila Verde. E já estava condenado por violência doméstica em Barcelos. O Tribunal de Braga fez, agora, o cúmulo jurídico, a soma de duas condenações, sentenciando-o a cinco anos de prisão, suspensos por igual período.

O homem, de apelido Almeida, com 49 anos, e residente em Manhente, Barcelos, foi julgado por ter assaltado, em Março de 2016, uma vivenda em Cervães.

PUBLICIDADE

O Tribunal deu como provado que, em 11 de Maio, o arguido, entre as 9h00 e as 11h00, se deslocou de automóvel até ao local, tendo saltado o muro de 1,80 metros de altura ou transposto uma parte da vedação em rede metálica.

Dentro da casa, estroncou a janela da sala e entrou, tendo furtado diversos objectos valiosos que transportou para a viatura, estacionada cá fora.

O arguido estava já condenado por agredir a ex-mulher e está proibido de se aproximar dela. Imposição que, se não cumprir, implica a ida para a prisão.

A suspensão da pena – diz o colectivo de juízes – envolve a obrigatoriedade de frequentar um programa próprio para “agressores domésticos” e, também, a de se sujeitar a um Plano de Readaptação Social que lhe vai ser indicado pela Direcção Geral de Reinserção Social.

Obriga-o, ainda, a manter o posto de trabalho que tem actualmente, ou a ter de procurar emprego, no caso de o perder.