REGIÃO

REGIÃO -

Cinco milhões para investir na valorização do Santuário da Senhora da Peneda

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Um investimento de cinco milhões de euros quer valorizar o Santuário de Nossa Senhora da Peneda, em Arcos de Valdevez, em fase de classificação nacional, para potenciar o turismo religioso e de natureza.

“Queremos relançar o Santuário que é, do ponto de vista artístico, cultural e patrimonial, muito relevante e que nos pode ajudar a alavancar o turismo religioso, cultural e de natureza, dado estar localizado em pleno Parque Nacional da Peneda Gerês (PNPG)”, afirmou à agência Lusa o presidente da Câmara de Arcos de Valdevez.

PUBLICIDADE

João Manuel Esteves adiantou que o projecto previsto para o Santuário visa “criar mais condições de atractividade e, com isso, ajudar a fixar pessoas e atrair investimentos, associados à relevância do PNPG à de um conjunto religioso que aguarda classificação nacional”.

Datado do século XVIII, o Santuário é constituído pela igreja que foi terminada em 1875, pelo grande terreiro dos evangelistas e uma escadaria com cerca de 300 metros, sendo que nas suas laterais existem 20 capelas que retratam cenas da vida de Cristo, e ainda os quartéis.

Propriedade da Confraria de Nossa Senhora da Peneda, o templo foi elevado a santuário em abril 2020, por decreto do então bispo da Diocese de Viana do Castelo, Anacleto Oliveira.

A Diocese justificou o reconhecimento como santuário por se tratar de “um dos monumentos marianos mais notáveis” do distrito de Viana do Castelo e “pela sua antiguidade, dos mais venerados em todo o Alto Minho, estendendo-se o seu prestígio e influência à vizinha região autónoma da Galiza, em Espanha”.

Também em 2020, a Câmara de Arcos de Valdevez e a Confraria de Nossa Senhora da Peneda iniciaram o processo de classificação nacional do Santuário junto do Ministério da Cultura, nomeadamente da Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN) e Direção Geral do Património Cultural (DGPC).

Em outubro de 2021, a Direção-Geral do Património Cultural abriu o procedimento de classificação nacional do Santuário de Nossa Senhora da Peneda, considerado um dos grandes santuários marianos do Noroeste Peninsular.

“Esperamos que durante o mês de setembro seja conhecida a pronúncia do Conselho Nacional de Cultura sobre a classificação”, atirou João Manuel Esteves.

O autarca acrescentou que o plano de valorização do Santuário “pretende beneficiar toda a área sujeita a classificação como património nacional, definindo todas as tipologias de intervenção, quer nos edifícios, quer no espaço público, e as prioridades do investimento que deverá prolongar-se por cinco a seis anos”.

“O projecto vai ser apresentado às entidades nacionais e regionais, sendo que o objetivo é encontrar parceiros para as intervenções previstas que serão financiadas por fundos comunitários, nacionais e regionais”, referiu.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.