BRAGA –

BRAGA – -

Concelho presente em Lisboa no lançamento de Mediadores Municipais e Interculturais

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Palácio Baldaya, em Lisboa, recebeu a cerimónia de lançamento do projecto de Mediação Intercultural. Esta cerimónia, por iniciativa do Alto-comissariado para as Migrações (ACM), Pedro Calado, contou com a presença da secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro, e do vice-presidente da Câmara de Braga, Firmino Marques.

Na cerimónia estiveram presentes seis municípios, Braga, Porto, Maia, Moura, Águeda e Castelo Branco. Numa plateia com cerca de 80 participantes, o município de Braga fez-se ainda pela equipa de mediadores municipais e interculturais.

PUBLICIDADE

Desta equipa fazem parte um coordenador, do efectivo municipal e quatro mediadores com responsabilidades sobre os imigrantes oriundos dos continentes europeu, americano, africano e da comunidade de etnia cigana bracarense.

Sob a égide da Interculturalidade, este projecto insere-se numa candidatura realizada pelo município de Braga, no âmbito do POISE, Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e Fundo Social Europeu.

Esta equipa de mediação em constante formação promovida pelo ACM, I.P., surge como resposta à importância da integração dos imigrantes do concelho de Braga, sem descurar a comunidade de etnia cigana local.

Os mediadores, num mundo cada vez mais multicultural e multiétnico, assumem um papel determinante no “caminho da integração”, apostando na convivência entre comunidades, indo desta forma, à verdadeira interculturalidade.

O projecto tem a duração de 3 anos (2019-2021) e pretende, entre outras orientações, trabalhar as diferenças, através de uma gestão positiva da diversidade e do conflito. Difundir a Mediação Intercultural enquanto metodologia específica de intervenção social é, uma das premissas a adoptar ao longo do projecto, na convicção de que estaremos a contribuir para o desenvolvimento de uma sociedade mais pacífica, mais inclusiva e sustentável.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS