CULTURA

CULTURA -

Concerto solidário une Braga em homenagem ao povo ucraniano

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Igreja de São Paulo, em Braga, recebeu esta quarta-feira um concerto de angariação de donativos para apoiar as famílias ucranianas que, devido ao conflito na Ucrânia, estão a residir na cidade.

O valor angariado no concerto solidário ‘Ecos da Paz’, é agora distribuído de forma equitativa pelas três instituições parceiras do município no acolhimento de cidadãos ucranianos refugiados: delegação da Cruz Vermelha, Cáritas Arquidiocesana e Virar a Página.

Parceiro na iniciativa foi também o Conservatório de Música Calouste Gulbenkian, cuja direcção tomou a decisão de transformar o momento de audições de final de ano lectivo num concerto solidário.

PUBLICIDADE

Para a vereadora da Inovação e Coesão Social da Câmara, para além de um concerto solidário, este foi também “um momento de fortalecimento das parcerias desencadeadas para fazer face a esta crise humanitária que é de todos nós”. 

“A Arquidiocese de Braga, a Cruz Vermelha, o Virar a Página e a Cáritas Arquidiocesana têm sido fundamentais na gestão da estrutura de acolhimento instalada no Hotel João Paulo II. Tantos outros parceiros foram e continuarão a ser imprescindíveis nesta missão humanitária que Braga desencadeou desde a primeira hora. Iniciativas deste âmbito honram o município na medida em que são demonstrativas da generosidade da comunidade em momentos de maior crise”, disse Carla Sepúlveda. 

‘CORAÇÃO ABERTO’

A vereadora destaca o papel do Conservatório Calouste Gulbenkian ao “aliar a educação e a criatividade artística à coesão social de uma forma simples, desprendida e merecedora de louvor. Braga é cidade de ‘Porta Aberta’ e os bracarenses são gente de ‘coração aberto’”.

“Nesta noite solidária comprovou-se que estamos todos juntos no combate à desumanização, ao terror e à guerra. O que vivemos e sentimos na Igreja de São Paulo é prova de que a sociedade Bracarense está comprometida com a solidariedade”, rematou.

O concerto foi constituído por dois momentos distintos. A primeira parte contou com a participação dos coros dos alunos do 9º ano e Secundário, acompanhados pela Orquestra Sinfónica de alunos do 7º e 8º anos. A segunda parte ficou a cargo do coro de alunos do 5º e 6º anos do Integrado e Supletivo, coro de alunos do 7º ano Articulado de Mosteiro e Cávado e coro de alunos do Secundário. Foram acompanhados pela Orquestra de Sopros do 9º ano e Secundário.

A entrada teve o valor de 3 euros para adulto e 2 para criança. Assistiram ao concerto cerca de 500 pessoas e o valor reverteu a favor dos cidadãos ucranianos deslocados que se fixaram no concelho de Braga.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.