VILA VERDE

VILA VERDE -

Contra-análise confirma apenas um caso de Covid-19, anuncia a Misericórdia de Vila Verde

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Afinal há só um infectado na Unidade de Cuidados Intensivos da Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde, de acordo com a última informação avançada pela instituição. O Provedor, Bento Morais, vem fazendo o anúncio por meios electrónicos aos seus colaboradores desde a tarde desta sexta-feira: foram feitos segundos testes a 70 pessoas e dessas apenas uma testou positivo.

Na quinta-feira, a Misericórdia soube que os testes feitos pelo laboratório da Universidade do Minho indicaram a existência do vírus em 49 pessoas, a maioria deles funcionários.

PUBLICIDADE

Face a este resultado, e numa reunião com a Autoridade de Saúde, o ACES -Cabreira/Gerês e a Proteção Civil Municipal, o Provedor Bento Morais anunciou que iria fazer novos testes, tendo o resultado sido aquele, agora divulgado.

Este sábado, e em comunicado enviado aos órgãos de comunicação social, a Misericórdia escreve: “face ao trabalho desenvolvido, medidas implementadas, de acordo com o preconizado, bem como aos resultados estatisticamente improváveis, a Instituição decidiu assumir teste PCR, em laboratório externo e acreditado, para efeito de contra-análise, a todos os profissionais testados a 4 de Maio assim como aos profissionais que não haviam feito teste naquela data”.

Os resultados, acrescenta a instituição, “confirmam que as nossas dúvidas eram fundamentadas: dos 70 testes realizados, resultou um caso positivo e 69 negativos. Isto confirma que o empenho, esforço e dedicação de todos os profissionais do hospital de Vila Verde dão frutos”.

300 UTENTES

Sublinha que, entre 300 utentes internos apenas apareceu um caso positivo, e este “veio de um hospital público”. Isto – acentua – com o nosso hospital com atendimento de mais de 1000 doentes diariamente. Em relação ao universo médico, em 120 médicos não há conhecimento de nenhum infectado”.

Diz que “na sequência deste episódio, foram rastreados pelo INEM os 44 utentes internados nas unidades, dos quais só um testou positivo (já era conhecido). Congratulamo-nos com estes resultados que traduzem uma recuperação de dois doentes anteriormente COVID positivos. No total já temos 3 doentes recuperados. Presentemente todos os nossos doentes encontram estáveis”.

O Provedor anuncia, ainda, que “a bem da verdade, importa ainda referir, que aquando da visita do INEM, recebemos rasgados elogios pelo profissionalismo e organização do nosso hospital”.

A Misericórdia quer, agora, “confirmar e validar os novos dados relativos à instituição tendo em conta os “constrangimentos provocados não só para Instituição, bem como para os dados epidemiológicos regionais e nacionais”.

“Às famílias dos nossos utentes e doentes agradecemos a compreensão e confiança depositada na Santa Casa e sua equipa, depois do alarmismo criado pelos dados avançados. À nossa equipa um agradecimento especial pelo profissionalismo, esforço e dedicação”, frisa.

COMUNICADO NA ÍNTEGRA

«Perante a notícia alarmista divulgada pelos diversos órgãos de comunicação social, que referia 49 profissionais infetados por COVID-19 nas Unidades de Cuidados Continuados da Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde temos a informar que:

Face ao trabalho desenvolvido, medidas implementadas, de acordo com o preconizado, bem como aos resultados estatisticamente improváveis, a Instituição decidiu assumir teste PCR, em laboratório externo, qualificado e de âmbito  nacional/ mundial, para efeito de contra-análise, a todos os profissionais testados a 04 de maio  ,bem como a outros.

Estes resultados confirmam que as nossas dúvidas eram fundamentadas: dos 70 testes realizados, resultaram 1 positivos e 69 negativos.  Do nosso universo, de 650 colaboradores temos apenas 1 positivo. De 300 doentes/utentes internos, 1 positivo vindo de hospital público, isto com o nosso hospital com atendimento de mais de 1000 doente diariamente. Em relação ao universo médico, em 120 médicos não há conhecimento de nenhum infectado. Ainda na sequência deste episódio, foram rastreados pelo INEM os 44 utentes internados nas unidades, dos quais só um testou positivo (já era conhecido). Congratulámo-nos com estes resultados que traduzem uma recuperação de dois doentes anteriormente COVID positivos. No total já temos 3 doentes recuperados. Presentemente todos os nossos eles encontram estáveis.

A bem da verdade, importa ainda referir, que aquando da visita do INEM, recebemos rasgados elogios pelo profissionalismo e organização do nosso hospital, fruto do trabalho e dedicação dos nossos profissionais.

O próximo passo será, junto das entidades competentes, confirmar e validar os novos dados relativos à nossa instituição tendo em conta os constrangimentos provocados não só para a Misericórdia  de Vila Verde, erário público, famílias, bem como para os dados epidemiológicos Regionais e Nacionais.

Sabemos o caminho que queremos percorrer e qual a meta a atingir. Os utentes e doentes são a prioridade desta equipa que, diariamente, trabalha afincadamente para o bem-estar e saúde de todos aqueles que cuidamos.

Às famílias dos nossos utentes e doentes agradecemos a compreensão e confiança depositada na Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde e sua equipa, depois do alarmismo criado pelos dados avançados.

À nossa equipa um agradecimento especial pelo profissionalismo, esforço e dedicação.

A Pandemia COVID-19 obriga-nos a constantes alterações das rotinas, atuações e reavaliações permanentes. Sabemos que nunca poderemos garantir 100% sucesso mas asseguramos a todos, que tudo continuará a ser feito com o intuito de garantirmos o melhor, mais seguro e diferenciado tratamento aos nossos doentes e colaboradores na procura de cumprir a nossa missão: “FAZER O BEM, FAZENDO-O BEM!».

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.