PÁSCOA

PÁSCOA -

Cruz pascal será venerada com uma vénia e sem contacto físico

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Secretariado Geral da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) divulgou as orientações para o compasso pascal, que deverá decorrer sem contacto físico, sem o tradicional “beijar de cruz” e com uso de máscara facial no caso de haver ajuntamentos.

Após dois anos de interregno forçado, devido à pandemia de Covid-19, esta tradição será agora retomada, sendo que a CEP pede a «máxima atenção» para o cumprimento das suas orientações.

PUBLICIDADE

«No percurso na via pública, se houver ajuntamentos, recorrer à protecção da máscara facial; Nas casas particulares entrarão apenas os membros do grupo paroquial designado para essa missão de anúncio pascal, conforme a organização de cada paróquia; os outros eventuais acompanhantes aguardarão no exterior», pode ler-se.

O documento refere ainda que, dentro das casas, os membros desta equipa deverão usar máscara.

«O guia do grupo dirigirá uma breve oração com a família reunida, terminada a qual os membros desta são convidados a venerar a cruz com uma vénia ou outro gesto que não implique contacto físico; seguidamente pode proceder-se à aspersão com água benta dos presentes e do lugar onde se encontram», acrescenta.

A CEP lembra que, «embora a mesa possa estar posta, não se convidem para ela os membros do grupo dos mensageiros da Páscoa».

«A partilha de alimentos deve restringir-se aos membros da família e, por isso, só se fará após a partida dos visitadores; de facto, o comer em conjunto implica retirar a máscara aumentando, assim, o risco de eventuais contágios», esclarece.

A Conferência Episcopal alerta ainda que deve proceder-se à higienização das mãos «sempre que haja contacto físico com pessoas ou coisas».

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.