SOLIDARIEDADE

SOLIDARIEDADE -

De Caminha a Vila Real de Santo António, ex-remador corre mil quilómetros de costa portuguesa para apoiar IPO-Porto

O ex-remador Pedro Nuno Costa parte de Caminha esta terça-feira e ao longo de 13 dias fará uma corrida solidária até chegar a Vila Real de Santo António. Corre mil quilómetros de costa portuguesa para apoiar IPO-Porto.

Cada etapa diária terá a extensão média de quase duas maratonas, com a duração estimada de nove horas, aproximadamente.

Da minhota Caminha até à algarvia Vila Real de Santo António, ao longo de 1.054 quilómetros da costa continental portuguesa, em 13 etapas de corrida, a uma média diária de 81 quilómetros, ou seja, quase duas maratonas por dia, com uma duração estimada de oito a nove horas diárias. Este é, a partir de 22 de agosto, o compromisso de Pedro Nuno Costa, um jovem ex-remador que tem uma única meta em mente: angariar o máximo possível de fundos em prol da missão do Instituto Português de Oncologia do Porto. Pela importância que a unidade hospitalar teve «na vida de pessoas muito próximas» de si, sobretudo nos últimos anos das suas 23 primaveras.

Numa etapa de «redescobrimento pessoal» e de «reencontro físico-desportivo» – como o próprio a define –, cujos contornos têm um website dedicado, em runningourcoast.com.

Além de poderem ser feitas via transferência bancária (para o IBAN n.º PT50 0193 0000 1050 3676 3391 5), por MBWay (para o número 966 935 312) e através da plataforma GoFundMe, as contribuições para a causa que fará correr Pedro Nuno Costa podem ainda conhecer a forma de uma t-shirt.

Licenciado em Educação Física e Desporto e a frequentar um MBA em Gestão Desportiva, Pedro Nuno Costa trabalha como consultor no departamento de marketing de um conhecido grupo vínico português. Utilizará o período de férias para desenvolver a iniciativa solidária em benefício do IPO-Porto, que tem o término previsto para acontecer a 3 de setembro.

Pelo meio estarão etapas – e paragens – em Vila do Conde, Furadouro, S. Pedro de Moel, Peniche, Ericeira, Trafaria, Setúbal, Porto Côvo, Aljezur, Alvor e Quinta do Lago. A etapa mais curta ligará S. Pedro de Moel a Peniche, com um total de 67 quilómetros, e o trajeto mais longo será feito entre Setúbal e Porto Côvo, com mais de 95 quilómetros.

ovilaverdense@gmail.com

Partilhe este artigo no Facebook
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE