LEGISLATIVAS

LEGISLATIVAS -

Eleitores em isolamento podem votar no dia 30

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Após o parecer do conselho consultivo da Procuradoria-Geral da República, a ministra da Administração Interna confirmou esta quarta-feira que quem estiver infectado ou em isolamento, no próximo dia 30 de Janeiro, vai poder exercer o seu direito de voto, contudo, o Governo recomendará «um horário específico» para que estes o façam.

Segundo Francisca Van Dunem – que participou numa conferência de imprensa ao início da tarde desta quarta-feira e que contou também com a presença do secretário de Estado Adjunto e da Administração Interna, Antero Luís, e da diretora-geral da Saúde, Graça Freitas – «os eleitores que se encontrem em confinamento obrigatório podem sair do local de confinamento no dia 30 estritamente para exercer o direito de voto», admitindo, ainda, a existência de um «horário específico» que será recomendado para o efeito.

O Governo recomendará a estes cidadãos que o façam num «período» concreto e que, apesar de não haver ainda um horário definido, a ministra aponta para que seja «no final do dia» das eleições, na «última hora, entre as 18h00 e as 19h00».

PUBLICIDADE

«Votar é seguro», realçou Francisca Van Dunem, garantindo que «estão criadas todas as condições de segurança» para que as pessoas exercam o seu direito.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.