BRAGA

BRAGA -

Engenheiro denuncia corte de sobreiros em Braga

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O engenheiro civil Pedro Pinheiro Augusto denuncia o corte e desbaste de sobreiros pela Câmara Municipal de Braga no recentemente aberto ao público Parque Urbano das Camélias, junto do Parque de Campismo e Escola Profissional.

Em nota ao PressMinho, lembrando que o sobreiro é uma espécie protegida, o também membro do partido ‘Nós, Cidadãos!’. explica que no local – onde se encontra uma escadaria em granito que o projecto municipal “deliberadamente implantou de modo a incorporar quatro sobreiros e um pinheiro” – , a intervenção dos serviços municipalizados resultou na “danificação (corte) de raízes principais de dois sobreiros para permitir a colocação das pedras da escadaria” e de “caldeiras restritivas das cinco árvores, com potenciais graves prejuízos futuros”.

Pedro Pinheiro Augusto  alerta ainda para “a passagem anual de, potencialmente, milhares de pessoas irá pisotear o terreno compactando-o ao ponto de impedir o arejamento e captação de nutrientes por parte do sistema radicular” e para as consequências que o “aterro de parte dos troncos de dois dos sobreiros, de modo a cumprir as cotas de projecto, cobrindo o afloramento do sistema radicular” provocando a exposição do tronco da árvore “a condições extraordinárias de humidade, insectos e outras ameaças que potenciam a infecção e apodrecimento do tronco da árvore”.

PUBLICIDADE

O engenheiro, que na Autárquicas de 2017 encabeçou a lista do ‘Nós, Cidadãos! à Assembleia Municipal de Braga, considera que a intervenção “constitui um grave ataque à saúde das árvores, principalmente dos sobreiros, espécie autóctone protegida por lei”, adiantando que, após a conclusão da obra, o pinheiro acabou por cair.

“Julgo que a salvaguarda dos sobreiros exige que seja reposta a situação existente antes da implantação da escadaria sobre as árvores, dado haver muito espaço para traçado alternativo da escadaria e não se vislumbrar qualquer imperativo para a escolha do traçado da escadaria sobre as árvores”, remata Pedro Pinheiro Augusto.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.