VILA VERDE –  Escola Secundária hasteia bandeira de boas práticas ambientais

VILA VERDE –
Escola Secundária hasteia bandeira de boas práticas ambientais

A Escola Secundária de Vila Verde hasteou, esta quarta-feira, a Bandeira Verde Eco-Escolas, galardão que pretende reconhecer as boas práticas ambientais de cada estabelecimento de ensino.

«É o 11º ano que estamos no programa Eco-Escolas. No ano passado, não tivemos a bandeira, mas este ano voltámos a hasteá-la, tendo em conta o trabalho feito ao longo do ano lectivo, o que para nós é um motivo de satisfação», explicou o coordenador do projecto na Escola Secundária, António Vieira.

PUBLICIDADE

Para o Director, João Graça, este galardão «valida as boas práticas em termos de sustentabilidade ambiental», temática que assume actualmente «uma importância extrema», daí que «importe sensibilizar as escolas e tornar os alunos veículo dessa mesma sensibilização».

«O programa Eco-Escolas não pode ser visto de forma individual. É um programa que se integra no currículo. Actualmente, com a questão da flexibilidade curricular, passa a ter uma importância ainda maior, porque aproveitamos as diferentes disciplinas para integrar o programa Eco-Escolas», explicou.

O apelo para que os alunos sejam «embaixadores da mensagem» de que é necessário adoptar novos comportamentos em termos ambientais foi também frisada pelo vereador do Ambiente da Câmara de Vila Verde, Patrício Araújo.

«Este é um gesto simbólico, mas com uma mensagem tremendamente importante. Espero que cada um de vocês leve para casa esta ideia e seja capaz de passa aos amigos e à família a importância de adoptar comportamentos responsáveis», disse o vereador, dirigindo-se aos alunos.

A cerimónia simbólica de hastear da Bandeira Verde inclui ainda um momento musical, em que uma aluna da escola tocou a música “Amor a Portugal” no violino.

A nível global, o programa Eco-Escolas desenvolve-se actualmente em 67 países, mais de 51 mil escolas e envolve cerca de 19 milhões de alunos. Em Portugal, participam mais de 1500 escolas e 650 mil estudantes, em 230 Municípios.

Pretende incentivar acções, assim como reconhecer e premiar o trabalho de qualidade desenvolvido pela escola na melhoria do seu desempenho ambiental, gestão do espaço escolar e sensibilização da comunidade.