AMBIENTE

AMBIENTE -

Escolas vilaverdenses sensibilizadas para a compostagem doméstica

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Terminou, esta semana, o ciclo de palestras enquadradas na “Campanha Intermunicipal para Recolha Selectiva e Compostagem Doméstica no Cávado”, promovida pela Câmara Municipal de Vila Verde em parceria com a CIM Cávado e a Quercus.

Nesta última aCção de sensibilização participaram as duas escolas básicas do Agrupamento de Escolas de Moure e Ribeira do Neiva e a escola básica do Agrupamento de Escolas de Prado.

PUBLICIDADE

A palestra, apresentada por Isabel Faria, representante da Querqus, teve por base a explicação do ciclo da matéria orgânica, alertando para o problema da má separação dos resíduos sólidos urbanos.

O objectivo desta campanha é promover a utilização de um compostor doméstico, tanto nas escolas como em casa.

«No final, todos os alunos que participaram puderam perceber o funcionamento do compostor, com uma demonstração prática, e cada escola recebeu um exemplar, de forma a poder, assim, iniciar a sua própria compostagem», refere a Câmara, em comunicado.

Segundo a autarquia, «as turmas mostraram-se muito interessadas e, acima de tudo, motivadas a mudarem o seu comportamento e a influenciarem as famílias a iniciarem a compostagem doméstica».

Estas sessões enquadram-se numa das várias acções da campanha, que foram acontecendo, ao longo deste mês, no concelho de Vila Verde.

Este projeto, além de promovido pela Comunidade Intermunicipal do Cávado, é co-financiado pelo POSEUR- Programa Operacional Temático da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, alinhado com o previsto na estratégia integrada de Desenvolvimento Territorial do Cávado 2014-2020.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS