REGIÃO

REGIÃO -

Esposende atribui apoios no valor de 170 mil euros a instituições do concelho

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Câmara de Esposende vai atribuir apoios e isentar de taxas, instituições e colectividades concelhias, de acordo com deliberação aprovada, por unanimidade, em reunião de Câmara, no valor global de quase 170 mil euros.

O executivo da Câmara de Esposende aprovou por unanimidade a atribuição de apoios e a isenção de taxas e instituições e colectividades concelhias, no valor global de quase 170 mil euros.

O município assegura ainda directamente os encargos financeiros referentes aos seguros de acidentes de trabalho, da frota automóvel, de responsabilidade civil de transporte de doentes e das embarcações das associações. 

PUBLICIDADE

No caso da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Esposende, o encargo cifra-se nos 9.770 euros, enquanto a referente à Benemérita Associação dos Bombeiros Voluntários de Fão corresponde a um investimento de 9.976 euros.

Além destes apoios, o executivo municipal aprovou igualmente a isenção de taxas, dependentes de pedido, abrangendo associações religiosas, culturais, desportivas e recreativas, instituições particulares de solidariedade social, escolas e agrupamentos de escolas, desde que legalmente constituídas.

A Santa Casa da Misericórdia de Esposende é contemplada com um apoio no montante de 11.124 euros, destinados a financiar a requalificação em curso das suas valências e do espaço infantil. 

Já a Santa Casa da Misericórdia de Fão recebe 25.000 euros, destinados à requalificação dos espaços de lavandaria.

O Centro de Intervenção Cultural e Social de Palmeira de Faro recebe o apoio financeiro de 10.750 euros, como comparticipação de 50% da aquisição de uma viatura de 9 lugares, para o transporte dos seus utentes. Para fins idênticos, o Centro Social de Belinho beneficia de um apoio financeiro de 13.508 euros, referente a 50% do valor de um veículo de 9 lugares.

O Centro Social da Juventude Unida de Marinhas recebe pelo sua vez 31.871 euros, para proceder a obras de requalificação, por forma a acolher a Academia Mente Activa. 

Já para o Centro Social da Juventude de Mar vão 57. 810 euros, referente à comparticipação, em 50%, do valor para aquisição de um autocarro.

Nesta reunião do Executivo Municipal foi ainda aprovado o plano de formação para agentes desportivos, que consta de oito sessões creditadas e que terá capacidade para 60 participantes.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS