REGIÃO

REGIÃO -

Esposende hasteia Bandeira Azul em quatro praias

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, recebeu das mãos da Agência Portuguesa do Ambiente as Bandeiras Azuis para as praias de Apúlia, Ofir, Suave Mar e Cepães, que voltam a merecer pelo oitavo ano consecutivo, a distinção da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) para a época balnear 2020.

“A Bandeira Azul é um símbolo de reconhecimento da qualidade e a atribuição do galardão às quatro praias de Esposende representa o cumprimento de um vasto conjunto de critérios de natureza ambiental, segurança e conforto dos utilizadores da praia”, afirma o autarca.

PUBLICIDADE

O hastear da Bandeira Azul, acrescenta, “numa praia significa, desde logo, a garantia de qualidade da água balnear e o cumprimento de uma série de critérios ao nível das infraestruturas de apoio à praia, gestão de resíduos, limpeza do areal, assistência a banhistas, acessibilidades e informação pública”.

“Esposende reúne, assim, e novamente, os requisitos que permitem uma oferta turística e ambiental de qualidade, reforçando a condição de destino balnear de excelência, sublinha Benjamim Pereira, referindo, que as praias de Apúlia e Cepães “receberam também o galardão Praia Acessível, estando preparadas para receber pessoas com mobilidade condicionada”.

Esposende garante, vinca, “o cumprimento de um aspecto essencial na atribuição deste galardão: a promoção da educação ambienta”.

Este ano, devido ao cumprimento das regras de segurança e de distanciamento social, as actividades são ajustadas e desenvolvidas maioritariamente em formato digital e expositivo.

REGRAS EXIGENTES

Benjamim relembrar que o município investiu “significativas verbas” para apoiar a implementação das medidas de segurança a serem observadas nas praias, na medida em que “as novas regras são exigentes e obrigam a novos procedimentos, nomeadamente também por parte de quem frequenta as praias”.

“Para além de serem respeitadas as indicações das autoridades, nomeadamente no que concerne ao distanciamento social e à ocupação das praias, é importante que a ocupação das praias seja acompanhada para melhor decisão quanto ao local a escolher pelos banhistas, informação que pode ser consultada através da aplicação Infopraias”, alerta.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.