CULTURA E PATRIMÓNIO

CULTURA E PATRIMÓNIO -

Estação Arqueológica de Santa Marta das Cortiças será «alvo de projecto de valorização e musealização»

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Decorreu esta quinta-feira, 29 de Julho, a assinatura do protocolo de valorização, musealização e adequação à visita da Estação Arqueológica de Santa Marta das Cortiças.

O «reconhecimento do valor histórico, cultural e científico da estação arqueológica de Santa Marta das Cortiças, a par da percepção do seu elevado potencial de valorização», motivou o Município de Braga, em parceria com a Junta de Freguesia de Esporões e o Conselho Económico da Paróquia de Esporões, a «promover um projecto de estudo, conservação, valorização e divulgação da Estação Arqueológica de Santa Marta das Cortiças».

Irá concretizar-se, deste modo, a «garantia da conservação, o acesso público e a criação de condições para a integração no Roteiro Arqueológico de Braga». A intervenção projectada visa igualmente «manter e melhorar as estruturas de apoio ao Santuário, prevendo assim a compatibilidade deste uso com o de Centro de Interpretação e recepção».

PUBLICIDADE

PROTOCOLO E PROJECTO

Neste contexto, o protocolo assinado «fixa as bases para o desenvolvimento de um projecto que incluirá duas fases principais. A primeira será desenvolvida ao longo deste ano e contemplará a remoção da manta vegetal e inertes que, actualmente, cobrem, para sua protecção, as ruínas arqueológicas; a consolidação e busca de soluções para a sua efectiva conservação “ao ar livre”; e a execução dos respectivos circuitos de visita, arranjo paisagístico da sua área envolvente e o estudo arquitectónico para a criação de um centro de interpretação».

Para mais informação leia mais em: https://bit.ly/2TKad9O

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.