VILA VERDE -

VILA VERDE - -

Exposição “Aquilino, um rosto, uma obra” inaugurada a 16 de Dezembro na Biblioteca Municipal

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

No próximo dia 16 de Dezembro, para assinalar o 24.º aniversário da instalação da Biblioteca Municipal Professor Machado Vilela no antigo edifício dos Paços do Concelho, inaugura-se às 11h30 a exposição “Aquilino, um rosto, uma obra”, comissariada por Luís Cabral, bibliotecário e antigo Director da Biblioteca Pública Municipal do Porto e pelo Pintor Manuel Casal Aguiar. A abertura da exposição vai contar ainda com Aquilino Ribeiro Machado, neto do Escritor.

A exposição, embora em versão diferente, foi anteriormente apresentada na BPMP de 7 de Junho a 2 de Agosto de 2019.

EM VILA VERDE…

PUBLICIDADE

Em Vila Verde podem apreciar-se até 23 de Janeiro, 20 desenhos de um conjunto de 50 trabalhos preparatórios de uma capa que o Pintor executou para a Bertrand, em 1984, ficando assim patentes aspectos do processo de produção do desenho.

São também apresentados diversos exemplares de obras de e sobre Aquilino Ribeiro, pertencentes à Biblioteca Municipal de Vila Verde e à Biblioteca Pública de Braga.

Entre as obras expostas destaca-se o romance Terras do Demo, cujo centenário este ano se celebra um pouco por todo o país e merece também relevo o exemplar de Aldeia: Terra, Gente e Bichos, que pertenceu à biblioteca do Prof. Machado Vilela, patrono da Biblioteca.

A Biblioteca terá à disposição do público um ponto de consulta e empréstimo de obras de Aquilino Ribeiro, tendo programado algumas actividades para crianças e jovens a partir de histórias do Autor e oficinas de desenho a partir do trabalho criativo do pintor Manuel Casal Aguiar.

A Câmara Municipal de Vila Verde editou, para o efeito, um catálogo ilustrado, com textos de Júlia Rodrigues Fernandes, Luís Cabral, Aquilino Ribeiro Machado, Luísa Costa Gomes e Laura Castro, em que são tratados aspectos da vida e da obra de Aquilino Ribeiro, também ligado ao Minho, através de “A Casa Grande de Romarigães: crónica romanceada (casa situada no concelho de Paredes de Coura) e de Dom Frei Bertolameu, biografia do Arcebispo D. Frei Bartolomeu dos Mártires, recentemente canonizado, por quem o Escritor, aliás, tinha uma grande admiração.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.