ECONOMIA

ECONOMIA -

Feiras de Vila Verde e do Alívio regressam já este fim-de-semana

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Câmara Municipal de Vila Verde, no âmbito da calendarização que já permitiu a retoma dos mercados de produtos agro-alimentares, acordou com as Juntas de Freguesia gestoras de feiras e mercados um conjunto de datas estipuladas para a reabertura dos espaços feriais que ainda se mantêm encerrados, devido à pandemia associada à Covid-19.

Assim, o calendário prevê a reabertura das feiras de Vila Verde (23 de Maio), Soutelo (24 de Maio), Vila de Prado (26 de Maio) e Pico de Regalados (29 de Maio).

Por seu turno, a Feira de Velharias volta a realizar-se no mês de Junho, nos dias 7 e 14, estando também agendadas para Junho (dia 21) a Feira de Velharias e o Mercado de Produtos de 2ª mão (dia 28).

PUBLICIDADE

No sentido de proteger feirantes e clientes, o Município informa que, em todos os locais onde são exercidas estas actividades de Feira e Mercados, devem ser observadas, entre outras, as seguintes regras de ocupação, permanência e distanciamento social:

  • A afectação dos espaços acessíveis ao público deve observar a regra de ocupação máxima indicativa de cinco pessoas por cem metros quadrados de área;
  • A adopção de medidas que assegurem uma distância mínima de dois metros entre as pessoas, incluindo aquelas que estão efectivamente a proceder à venda dos artigos, a adquirir os produtos ou em situação de espera para serem atendidas;
  • Assegurar que as pessoas (dentro do possível) não possam manipular, indiscriminadamente, os produtos com as mãos, devendo, antes, solicitar que lhes sejam fornecidos os produtos desejados;
  • Todos os comerciantes, bem como os frequentadores das feiras deverão estar, obrigatoriamente, equipados com viseiras e/ou máscaras consoante os casos;
  • Todas as tendas deverão dispor de gel ou solução alcoólica e, após o atendimento de cada cliente, todos os comerciantes devem proceder, obrigatoriamente, à desinfecção das mãos;

«Nesta fase da pandemia a prioridade do Município tem sido a prevenção da doença e a garantia da segurança dos cidadãos, mas temos de aliar essa circunstância ao levantamento gradual das suspensões e interdições de forma a prosseguirmos um caminho de regresso gradual da actividade económica ao seu normal funcionamento», refere o vereador do pelouro.

Segundo Patrício Araújo, «a Câmara Municipal em conjunto com as Freguesias pretende agora compatibilizar a avaliação da situação epidemiológica vivida na região e os seus efeitos em cada uma das fases de desconfinamento», considerando sempre o impacto epidemiológico verificado na fase anterior.

Feira quinzenal de Vila Verde 23 de Maio
Feira dominical do Alívio, em Soutelo 24 de Maio
Feira semanal da Vila de Prado 26 de Maio
Feira quinzenal de Pico de Regalados 29 de Maio
Feira de Artesanato 7 e 14 de Junho
Feira de Velharias 21 de Junho
Mercado de Produtos de 2ª mão em Vila Verde 28 de Junho

 

«A Câmara Municipal de Vila Verde apela, entretanto, ao cumprimento rigoroso de todas as normas e orientações sanitárias e funcionais, para um regresso em segurança das feiras, mercados e eventos similares», frisa o vereador.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS