CRIME (Justiça) -

CRIME (Justiça) - -

Gangue croata julgado em setembro em Braga por três assaltos a residências

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Um gangue italiano, de origem croata, com seis membros, responsável por assaltos a residências em Braga, Oliveira de Azeméis e Famalicão, vai ser julgado dia 10 de setembro no Tribunal Judicial.

O grupo instalou-se, em 2017, em Matosinhos para fazer os assaltos. A acusação diz que fazem parte de uma organização internacional para crimes contra o património. A PJ apanhou-os ao terceiro assalto, tentado em Famalicão.

O Ministério Público do Tribunal de Matosinhos sustenta que os seis, com idades entre 25 e 44 anos, alguns com laços familiares como sucede com Nesa e Toni Jankovic (pai e filho) vinham a Portugal desde 2009, arrendando apartamentos para estadias que iam até aos três meses. O grupo envolvia, ainda, Valentino Nicolic, Luca Braidich, Daniel Braidich e Marcus Rudolf. Ficaram presos preventivamente e vão ser julgados no Tribunal de Braga por furto qualificado e associação
criminosa.

PUBLICIDADE

Faziam-no, sobretudo, nas épocas de Natal e da Páscoa, como sucedeu entre novembro de 2016 e abril de 2017, quando alugaram casa em Leça da Palmeira. Foram, desde logo, detetados e seguidos pela PJ que os viu a comprar ferramentas diversas, incluindo máquinas e discos de
corte de metais em hipermercados da zona.

www.pressminho.pt

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.