REGIÃO

REGIÃO -

GNR deteve quatro homens por caça ilegal em Guimarães e na Póvoa de Lanhoso

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A GNR/Braga, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Fafe, deteve, quinta-feira, quatro homens, com idades compreendidas entre os 26 e os 63 anos, por crimes contra a preservação da fauna e das espécies cinegéticas, nos concelhos de Guimarães e de Póvoa de Lanhoso.

Em comunicado, o Comando Distrital adianta que a detenção ocorreu “na sequência de uma fiscalização ao exercício da caça, durante a qual os elementos do NPA surpreenderam o grupo de indivíduos que estavam a caçar em terreno não cinegético, ou seja, terreno onde não é permitida a caça, nomeadamente a menos de 250 metros de uma área que foi consumida por um incêndio florestal há menos de 30 dias”.

Os suspeitos foram detidos e, no decorrer das diligências policiais, foram-lhes apreendidas quatro armas de fogo e respetivos livretes de manifesto de arma, cadeados e bolsas de transporte, bem como 27 munições de calibre 12 e as respetivas cartas de caçador.

PUBLICIDADE

Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Guimarães e ao Tribunal Judicial da Póvoa de Lanhoso.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS